É preciso desvincular os homens da ideia de que precisam praticar a musculação. Esteira, por exemplo, é uma opção

ado ao câncer de próstata, tema bastante divulgado, o movimento aborda a saúde do homem como um todo. A grande temática do mês é o fator preventivo, incentivando a vida saudável e exames médicos rotineiros, mesmo quando tudo parece estar bem física ou mentalmente. Uma ótima maneira de prevenir não apenas o câncer, mas diversas doenças como a diabetes e a hipertensão, por exemplo, é deixando o sedentarismo de lado na busca pela inclusão de atividades físicas na rotina. Os homens, em sua maioria, procuram academias e a prática de exercícios mais em busca do físico ideal do que pelo ajuste da saúde em si. Ana Paula Becker, profissional de Educação Física da academia Pró Vida, afirma que é importante que homens saibam que acima da aparência do corpo, deve estar o cuidado com a saúde.

“De forma geral, os homens querem trabalhar o membro superior, que é o que o homem mais busca que fique bonito esteticamente, mas se tu for relacionar à saúde, a gente orienta os homens a trabalhar de forma global, ou seja, o corpo todo. Então é importante que trabalhe de uma forma que vá fortalecer o grupo muscular todo”, afirma. Por isso, Ana Paula destaca que o primeiro passo para quem deseja inserir atividades físicas em sua rotina, deve ser a busca por profissionais especialistas, tanto na área da educação física, quanto parte nutricional.

Procurar um especialista também é importante porque com a ânsia pela busca, principalmente nesta época, pelo “corpo de verão”, ao invés de auxiliar na saúde, você pode acabar pegando pesado com seu corpo e prejudicá-lo. Aos homens: cuidado! A utilização de cargas nas academias deve ser consciente. Começar devagar, aos poucos, é essencial.

Exercícios físicos alinhados a bons hábitos
Por este motivo, Ana Paula salienta que trabalha não apenas o físico, e sim a saúde mental e funcional do ser humano. “Trabalhamos em cima de hábitos, estilos de vida. Porque assim, os benefícios vão ser consequências. Trabalhamos sobre sair do sedentarismo, controle do colesterol, diabetes, tabagismo, entre outros fatores”, pontua. Ela afirma que a questão psicológica neste momento é muito importante, assim, estar ativo deve se tornar um estilo de vida.

Ana Paula Becker, profissional de educação física da academia Pró Vida

A profissional ainda destaca que um grande problema é a procura dos exercícios físicos quando já se está com algum problema de saúde, o que tem se tornado cada vez mais comum na sua área de trabalho. “Por isso, nós, como profissionais de educação física, entramos abrangendo toda a parte de estilo de vida saudável”, destaca.

Para quem não tem nenhum problema de saúde, lembre-se: a prevenção é sempre a melhor escolha. Ana Paula dá uma dica para os homens que desejam ter uma vida mais ativa. “Querer se experimentar é fundamental. Daqui a pouco se tu foi na academia, não gostou da musculação, experimenta outra coisa, vai para a linha do treinamento funcional”, sugere. Outro ponto fundamental é o check-up preventivo. Os homens costumam ser mais descuidados com sua saúde do que as mulheres, então buscar esses exames rotineiros também vão ajudar a prevenir diversas doenças.

Cuide de seu corpo, mente e espírito
O mineiro Pedro Almeida é personal trainer e trabalha diretamente com a questão oncológica. Pedro tinha apenas seis anos de idade quando, em 1988, foi uma das sete pessoas no mundo diagnosticada com um câncer raro, do qual, posteriormente, conseguiu a cura. Ele salvou sua mãe, com câncer de ovário, e a esposa, com câncer de mama, graças aos seus estudos e dedicação na utilização da atividade física como aliada na busca pela cura. Em 2019, foi considerado o melhor personal do Brasil pela Sociedade Brasileira de Personal Trainer. Em entrevista para a Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (Aapecan) de Bento Gonçalves (RS), ele falou sobre a importância da atividade física na prevenção de diversos cânceres. “A gente avalia corpo, mente e espírito do ser humano e isto é fundamental para o processo de cura”, destaca.

Venicio Spiering também treina na academia onde trabalha como Educador Físico

O personal explica que um corpo parado aumenta a inflamação sistêmica, ou seja, o corpo “enferruja”, como se diz popularmente. Por isso, afirma: o primeiro passo para prevenção de qualquer câncer deve ser pôr um fim no sedentarismo. Pedro explicou que a atividade física à qual ele se refere neste caso é estar em movimento, manter-se em movimento, não necessariamente estar dentro de uma academia.

“Se você não gosta de ficar carregando ferro ou, por exemplo, de correr, se você fizer uma caminhada e tiver o dia ativo e movimentado utilizando seu corpo para abaixar, sentar, empurrar, puxar ou até rodar, você está se prevenindo do aparecimento de diversos tipos de cânceres, entre eles, o de próstata”, afirma. Diminuição de estresse, trabalhar para aumentar a qualidade de vida, estar perto de quem se ama e estar em movimento são pontos cruciais destacados por Pedro para uma prevenção.

Pedro explica que para quem está passando por um câncer de próstata, o exercício físico pode ajudar a preservar a massa muscular, diminuir os efeitos colaterais (que são a perda de massa e perda de funções cardíacas devido alguns medicamentos) e melhorar a auto-estima. “Se você já está com câncer de próstata, o exercício físico bloqueia o aparecimento de metástase, porque fortalece o sistema imunológico, que é o que combate o tumor. Se você está em tratamento com medicação e potencializa o efeito do sistema imunológico, potencializa também o efeito do tratamento”, destaca.

Deixe seu comentário