Vacina se tornou fundamental para prevenir casos graves da Gripe H3N2. Foto: Arquivo Jornal Ibiá

O surto de uma nova cepa de Gripe – influenza A-H3N2, também chamada de Darwin – pode ter chegado a Montenegro. Nesta semana, pessoas que retornaram de regiões onde há confirmação de casos foram hospitalizados com sintomas de Gripe. A contaminação que ocorre em vários estados está colocando as autoridades sanitárias em alerta.

Também a Secretaria de Saúde do Estado confirmou, ao meio-dia desta quinta-feira, dia 16, 13 casos no Rio Grande do Sul, os primeiros positivos do subtipo A-H3N2, o mesmo responsável por surtos no Rio de Janeiro e em São Paulo. Todavia, não confirmou ocorrências em Montenegro, reportando apenas Cachoeirinha; Pelotas; Porto Alegre; São Francisco de Paula; Sapiranga e Viamão. Esse índice não configura como surto, que acontece quando há dois ou mais casos confirmados e que tenham vínculo de mesmo local e espaço de tempo.

Montenegrinos que viajaram recentemente para Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Espírito Santo e Santa Catarina, e que apresentarem sintomas gripais, devem procurar os postos de saúde imediatamente. Embora ainda não haja certeza da presença da nova variante no Vale do Caí, a Secretaria Municipal da Saúde reforça a prevenção através da vacina. Já o Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) em seu alerta ressaltou que as medidas são as mesmas das recomendadas ao coronavírus: uso de máscaras, distanciamento interpessoal, ventilação de ambientes, higiene e vacinação.

O imunizante está à disposição desde abril, mas a adesão em Montenegro ficou bem abaixo da expectativa. Ainda há 5.000 doses à disposição; e que, inclusive, podem ser aplicada junto com a da Covid-19. O Ministério da Saúde já informou que a vacina não garante imunidade contra a H3N2, mas reforça as defesas do organismo e reduz a quantidade de casos mais graves com hospitalização. No Brasil há registros de óbitos causados pela Gripe.

Onde se vacinar
– ESF’s dos bairros Germano Henke e Industrial
Segunda a sexta-feira: 8h às 12h e 13h às 16h

– ESF bairro Santo Antônio
Segunda a quinta: 8h às 12h e 13h às 17h
Sextas-feiras: 14h às 17h

– ESF Centenário (no Parque Centenário)
Segunda a sexta: 8h às 12h e 13h às 16h

– UBS Centro (Rua Ramiro Barcelos)
Segunda a sexta: 8h às 21h

– Secretaria Municipal da Saúde
Segunda a sexta: 8h às 17h

Deixe seu comentário