Recursos custeiam serviços de internação hospitalar aos pacientes do SUS com as quais a Secretaria da Saúde mantém convênio

No primeiro repasse de maio voltado à Saúde Pública, a Secretaria de Estado da Fazenda liberou nesta segunda-feira (15) um total de R$ 24,8 milhões. Os recursos têm como finalidade o custeio pelos serviços de internação hospitalar aos pacientes do SUS com as quais a Secretaria da Saúde mantém convênio. A cota para o custeio ao longo do mês deste, que inclui ainda programas com as prefeituras, está projetada em R$ 176 milhões.

Os repasses foram possíveis com o ingresso de arrecadação do ICMS. Ainda na semana passada, após quitar a folha dos servidores referente ao mês de abril, a Fazenda programou pagamentos que somaram cerca de R$ 250 milhões.

A principal despesa se relacionou com as consignações ainda vinculadas aos salários do mês passado, que chegam a R$ 146 milhões. Também foram repassados R$ 138,7 mil para custear o programa do Aluguel Social. Desde o início do ano, já passa de R$ 1,3 bilhão o volume de recursos destinado ao programa.

Deixe seu comentário