Só de partos, o número alcança 478 durante os cinco primeiros meses de 2019. Foto: Arquivo Ibiá

O Hospital Montenegro 100% SUS divulgou nesta quarta-feira, 12, dados a respeito dos atendimentos realizados pela Instituição entre os meses de janeiro a maio de 2019. Apenas os atendimentos de Emergência somam 14.672. Já as consultas ambulatoriais no período foram 1.872. A instituição também foi responsável por 478 partos. Sobre a predominância da cidade de origem do paciente, o HM divulgou que 8.445 são de Montenegro.

E avançou o processo para que o HM se torne regionalmente ainda mais importante no Vale do Caí. Na terça, 11, a reunião da Associação dos Municípios do Vale do Rio Caí (Amvarc), debateu a possibilidade de tornar o HM referência para os municípios da região no atendimento de alta complexidade nas áreas de traumatologia e neurologia.

O Diretor Administrativo do Hospital Montenegro, Carlos Batista da Silveira, que estava acompanhado de outros profissionais da instituição na reunião, assegurou que o HM tem plenas condições de prestar os serviços nestas duas áreas de alta complexidade. A Secretária de Saúde do Estado Arita Bergmann afirmou que não vê nenhuma dificuldade em propor remanejo de teto de Canoas para o Hospital Montenegro, na área de alta complexidade.

Deixe seu comentário