Direção do Hospital Montenegro 100% SUS ainda avalia o documento do Estado. Foto: Arquivo Jornal Ibiá

Prevenção. Consultas, exames e cirurgias estão sendo canceladas temporariamente

Em decorrência da rápida propagação do novo coronavírus no País e no Rio Grande do Sul, diversos hospitais e operadoras de planos de saúde estão adiando cirurgias e procedimentos não urgentes para deixar os leitos hospitalares livres para os prováveis pacientes da Covid-19. Em Montenegro, o Hospital Montenegro já anunciou a suspensão dos procedimentos, já a Unimed Vale do Caí ainda não se pronunciou.

Após divulgação de Nota Técnica recomendando a suspensão dos atendimentos ambulatoriais, o Hospital Montenegro 100% SUS divulgou nesta quinta-feira, 19, que a partir de segunda-feira, 23, estarão suspensas as consultas, exames e cirurgias eletivas, além do atendimento fisioterápico. Serão mantidas as revisões ambulatoriais pós operatórias.

Segundo a instituição, a partir desta sexta-feira, 20, algumas medidas também serão adotadas como forma de prevenção. O horário de visita será reduzido para 30 minutos, sendo a UTI das 16h às 16h30 (diariamente), a saúde mental das 15h às 15h30 (quintas e domingos), a unidade de internação das 17h às 17h30 (diariamente) e o pronto socorro teve suas visitas suspensas. Ainda de acordo com o HM, será permitido apenas um visitante por paciente, e será restrita a entrada de visitante por paciente, e será restrita a entrada de visitantes com sintomas gripais.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) orientou que hospitais da rede particular adiem consultas, exames ou cirurgias que não se enquadrem em casos de urgência e emergência. Porém, a Unimed Vale do Caí não informou até o momento qual será a definição, e deve fazer ainda no dia de hoje.

Hospitais da Capital tomam medidas
A Santa Casa de Porto Alegre determinou como medida de contenção da epidemia da Covid-19, que a partir desta sexta-feira, 20, estão suspensos os atendimentos eletivos, tanto de consultas quanto de procedimentos cirúrgicos, de qualquer sistema de saúde, público ou privado. O hospital salientou que todas as agendas serão avaliadas, individualmente, para a identificação de casos cujo atendimento seja indispensável. Com relação às cirurgias eletivas, serão observados os mesmos procedimentos, com ênfase aos casos de oncologia e cardiovasculares.

O Hospital de Clínicas de Porto Alegre está tomando medidas de contingência e recomenda que pacientes com consultas, procedimentos ou exames agendados que se julgarem estáveis e sem necessidade de atendimento nesse momento, independentemente da idade, podem faltar a suas consultas. Os pacientes que apresentem sintomas gripais não devem vir ao HCPA. Em ambos os casos, não é necessário ligar para justificar a ausência. O hospital irá entrar em contato para realizar a remarcação futuramente.

Deixe seu comentário