Foto: arquivo Jornal Ibiá

Começou nesta segunda-feira, 23, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Segundo o Ministério da Saúde, nesta primeira etapa os públicos prioritários são idosos e trabalhadores da saúde. Para garantir proteção contra a influenza, os montenegrinos com idade acima de 60 anos tiveram que enfrentar muito calor e fila.

Para evitar aglomerações de pessoas que estão no grupo de risco do novo coronavírus (a Covid-19), a imunização para os idosos durante a campanha, que foi antecipada neste ano, está sendo realizada através da unidade móvel da Saúde em Montenegro. Nesse primeiro dia, a unidade esteve na Volta do Anacleto durante a manhã e seguiu para a Vigilância em Saúde durante a tarde, no Centro da cidade. Vale ressaltar que a vacina contra a gripe não protege contra a Covid-19.

No local, a movimentação foi intensa ao longo da tarde. Entre os idosos, estava a aposentada Doris Petri, 69, que buscou a vacina pela primeira vez. “Nunca tinha tomado, mas o medo me trouxe até aqui, e por mais que a gente saiba que a vacina não protege contra o coronavírus, tenho uma preocupação a menos agora”, revelou Doris.

A campanha pode atingir cerca de 67,6 milhões de pessoas em todo o país. Para acelerar o atendimento, a equipe de saúde se dividiu em três: grupo que atendia dentro da unidade móvel, outro na vigilância e um para aqueles idosos que, por alguma dificuldade, ficaram dentro do carro. Nesta terça-feira, 24, a unidade segue o cronograma e irá atender na Costa da Serra e Sobrado pela manhã e o bairro Municipal e Tanac durante a tarde. Mais informações no Portal do Ibiá (jornalibia.com.br).

Deixe seu comentário