Ansiedade, insônia, stress, procrastinação, raiva e desânimo são problemas tratados pela Eurekka em plataformas digitais que já são um sucesso

Há quem diga que tudo pode ser encontrado na internet. Livros, filmes, músicas, textos, vídeos, sites de relacionamentos, sites de compra e venda dos mais variados produtos e por aí vai. Já imaginou se você também pudesse encontrar orientação psicológica para lidar com problemas emocionais na rede?

A empresa gaúcha Eurekka, sediada em Porto Alegre, foi fundada no ano de 2016 e trabalha com cursos e terapias online ou presenciais. Ela foi criada por ​Júlio Pereira de Souza, mestre e doutorando em Psicologia pela UFRGS, e Henrique Souza, graduado em Psicologia pela mesma universidade. A Eurekka também produz vídeos e textos misturando criatividade, tecnologia, psicologia e neurociência, e conta hoje com cinco integrantes.

Recentemente, a empresa implantou o Projeto Constellation, ou Projeto Constelação. Trata-se da criação de cinco sites que ajudam o usuário a lidar com emoções difíceis, como ansiedade, insônia, estresse, procrastinação, raiva e desânimo. O sucesso foi imediato: hoje, sua página no Facebook possui mais de 80 mil seguidores.

O primeiro site, “Desacelera” (www.desacelera.com), foi feito para ajudar o usuário a lidar com a ansiedade e o estresse. Para isso, são apresentados exercícios de respiração e de mindfulness, ou “atenção plena”. Também contando com exercícios envolvendo respiração, o “Não esquenta” (www.naoesquenta.com) lida com a raiva, fazendo o usuário prestar atenção em sua postura, refletir sobre o motivo da raiva, e oferecendo um relaxamento guiado e exercícios de concentração.

Contra a insônia, o Projeto Constellation também fez sua parte. “Durma zen” (www.durmazen.com) é um site que, para vencer as noites em claro, oferece um relaxamento guiado e higiene do sono, que consiste em eliminar barulhos incômodos, apagar as luzes, regular a temperatura do quarto, entre outras funcionalidades.

Tanto o site “Radiante” (www.radiante.me) quanto “Fui lá e fiz” (www.fuilaefiz.com) começam com exercícios corporais para levar o usuário à disposição. O primeiro busca tirar o paciente do desânimo. Para isso, além do movimento, o site busca a descontração: traz um vídeo de uma família de ursos polares se esfregando na neve. “Fui lá e fiz” combate a procrastinação, ajudando o usuário a não adiar o que deve ser feito. Para isso, são oferecidas ajudas em relação a planejamento e gerenciamento de tempo.

Os sites da Eurekka ainda estão em modificação e atualização, mas o sucesso é total.

Atendimento online encoraja quem precisa de tratamento
Para o psicólogo Gerson Siegmund, o atendimento e consulta psicológica online não prejudica a procura pelo tratamento presencial. Muito pelo contrário, encoraja os pacientes que precisam do atendimento presencial a irem atrás desse trabalho. Gerson conta que já atendeu online, através da ferramenta Skype, e que realiza um trabalho de pesquisa sobre a Psicologia através da internet. “Muitas vezes, o paciente não se sente seguro de ir a uma consulta presencial, ou não pode por estar muito ocupado, por estar sempre viajando ou por ter mudado de país”, diz.

Mas não é qualquer um que pode montar um site para atendimento psicológico online. Para que isso seja possível, o profissional precisa do aval do Conselho Regional de Psicologia do Rio Grande do Sul (CRP/RS). Segundo Siegmund, o tratamento através da internet não substitui o tratamento presencial. “O atendimento online é mais uma ferramenta, um aliado”, finaliza o psicólogo.

Internautas aprovam
Além do grande número de seguidores, a Eurekka ainda tem, na rede social Facebook, uma avaliação de 4,9 estrelas, onde o máximo são cinco estrelas. Com mais de 2.500 comentários sobre o Projeto Constellation, o que não falta são pessoas que experimentaram e avaliaram os sites.

A internauta e funcionária pública Alessa Igarashi tem 27 anos e mora no município de Marília, São Paulo. Ela conta que conheceu a empresa pelo Facebook e se interessou em testar os serviços, já que sempre sofreu de insônia. Alessa usou o site “Durma zen” e conta que funcionou muito bem. “Agora, toda vez que estou agitada durante a noite, uso direto do meu celular para dormir”, diz. Além desse, ela já usou o “Desacelera”. “Ele é ótimo para diminuir a pressão daqueles dias tumultuados”.

Deixe seu comentário