Foto: Pixabay/ Ilustrativa

Será realizada nesta sexta-feira, dia 27, a partir das 14h, audiência pública para debater o impacto do uso de agrotóxicos aos mananciais de água potável. Intitulado “A Potabilidade da Água para Consumo Humano e Comunicação de Riscos por Conta do Uso de Agrotóxicos”, será um canal para consultar a comunidade e levantar questões a respeito do tema.

A iniciativa é uma promoção conjunta do Fórum Gaúcho de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos (FGCIA) e do Fórum Catarinense de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos e Transgênicos (FCCIAT). A audiência, realizada online, será gravada e poderá ser acessada com a participação via chat no link no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=PPde3kfk8aQ&feature=youtu.be.

O objetivo é fazer um balanço das questões mais importantes sobre o tema, coletar informações, receber denúncias e propor encaminhamentos. O evento terá a participação de coordenadores e integrantes das duas entidades. A partir das 16h30min, será dada a palavra ao público externo – mediante inscrições prévias. Depois das 17h20min, será a vez de ouvir representantes de entidades públicas e privadas, organizações e movimentos sociais participantes da audiência.

Programação
14hmin – Abertura do evento;
14h10min – Atuações do Fórum Gaúcho de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos e do Fórum Catarinense de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos e Transgênicos;
14h30min – Palestra de Sílvia Thaler – Coordenadora do GT Agrotóxicos do CEVS/SES, e Camila Azambuja, Engenheira Química e Coordenadora do VIGIÁGUA, “Avaliação da qualidade da água para consumo humano no município de Vacaria no ano de 2019 – estudo de caso”;
15h10min – Palestra da Dra. Sônia Corina Hess, Engenheira Química da UFSC, “A presença de agrotóxicos em águas de abastecimento de Santa Catarina”;
15h50min – Palestra do Dr. Rafael Kopschitz Xavier Bastos, Professor Titular da Universidade Federal de Viçosa, “Regulamentação de agrotóxicos em normas de qualidade da água para consumo humano”;
16h30min – Será dada a palavra ao público externo através de inscrições prévias;
17h20min – Será dada a palavra a entidades públicas ou privadas, bem como movimentos sociais organizados participantes da audiência, no limite de 12 inscrições de cinco minutos para cada intervenção;
18h20min – Encaminhamentos e encerramento do evento.

Clique aqui para ler o edital do evento

Deixe seu comentário