Foto: Claudio Fachel/Palácio Piratini

A secretaria estadual da Saúde (SES) antecipou para esta segunda-feira, dia 25, o início da vacinação das crianças de seis meses a menores de cinco anos contra a gripe e contra o sarampo. Inicialmente marcada para começar em 3 de maio, a estratégia foi antecipada devido à crescente demanda em atendimentos de urgência pediátrica na rede de saúde por quadros clínicos respiratórios.

A meta é vacinar 90% do público nessa faixa etária no Rio Grande do Sul, estimado em 620 mil crianças. Para o sábado, dia 30, está programada a realização do Dia D, com abertura extraordinária dos postos para aplicação das doses. A vacinação contra a influenza e contra o sarampo (vacina tríplice viral) pode ocorrer no mesmo momento.

Caso a criança esteja fazendo este ano pela primeira vez a vacinação contra a influenza, deverá fazer duas doses, com 30 dias de intervalo. Se a criança foi vacinada contra a gripe em algum outro ano, o esquema é de dose única, assim como é para as demais idades. Famílias podem procurar os postos de saúde de suas cidades para realizarem a imunização das crianças.

Para os grupos de idosos e trabalhadores da saúde, que começaram a ser vacinados em 4 de abril, a vacinação segue aberta. Até agora, 546 mil pessoas com 60 anos ou mais já se vacinaram, representando 26% do público-alvo. O mesmo índice já foi alcançado entre os trabalhadores da saúde, com 95 mil pessoas imunizadas.

De acordo com o Governo do Estado, a partir do dia 3 de maio, a campanha abrangerá os demais grupos prioritários, como gestantes, puérperas, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, entre outros. Mais de 4,9 milhões de pessoas fazem parte dos grupos elegíveis.

Deixe seu comentário