Crédito: reprodução internet

Não vale exagerar em doces, gorduras e refrigerantes, achando que o chá de hibisco fará milagre. Mas, comprovadamente, ele tem efeito emagrecedor. Além disso, ajuda no controle aos níveis de colesterol, pressão arterial e a diminuir a retenção de líquidos, devido a forte ação diurética. Como todo chá, é bom não exagerar. Leia ao lado algumas características dessa planta.

Seu poder de emagrecimento é comprovado porque ele bloqueia a produção de uma enzima que transforma o amido em açúcar. Beber chá de hibisco após as refeições ajuda a reduzir a absorção de carboidrato.

Algumas substâncias presentes na bebida ajudam a aumentar o colesterol bom e a diminuir o considerado ruim, além de manter triglicerides e a
pressão arterial em índices aceitáveis.

Esse chá oferece diversas substâncias antioxidantes, como os flavonóides. Seu consumo tem efeito cardioprotetor, vasodilatador e contribui para evitar o acúmulo de gorduras.

Ao comprar hibisco, dê preferência ao granel, que tem as pétalas da flor secas. Os chás em saches não são boa opção. A medida ideal é uma colher de chá rasa da flor seca para 200 ml de água.

Gestantes e lactantes não devem fazer uso do chá. Estudos já demonstraram que a bebida pode trazer problemas ao bebê. E quem faz uso de anticoncepcional deve atentar ao horário de consumo do chá e do remédio. Como ele induz a urinar mais, caso beba hibisco pouco tempo após ingerir o medicamento, poderá expeli-lo no xixi antes que ele faça efeito.

O chá de hibisco tem efeito diurético, comprovado por um estudo publicado no Journal of Ethnopharmacology, da Sociedade Internacional de Etnofarmacologia. Isso é ótimo para quem sofre de retenção de líquido. Mas deve ser motivo de preocupação para quem tem pressão baixa, já que o efeito
diurético baixa a pressão ainda mais.

Deixe seu comentário