Vereador Joel Kerber

A sessão da Câmara, na noite de hoje, será destinada basicamente à análise de cinco requerimentos, propondo a realização de encontros com diferentes pautas. É a forma que o legislativo encontra para ouvir a comunidade e encaminhar as demandas que ela traz, na busca de melhorias.

Somente o vereador Joel Kerber (Progressistas) sugere a realização de três debates. O primeiro é sobre o Mormo, doença que atinge os cavalos e representa um problema aos tradicionalistas. O risco de transmissão aos seres humanos obriga os proprietários a investirem em atestados médicos quando desejam utilizar os animais em atividades públicas. Para tratar do assunto, Joel deseja a presença do secretário de Desenvolvimento Rural, Ari Müller; do chefe de gabinete do prefeito, Rafael Riffel; e de representantes da Inspetoria Veterinária Estadual e da Associação dos Tradicionalistas de Montenegro (ATM).

Em outra frente, Kerber propõe reunião sobre o Plano Cicloviário, que não recebeu novos investimentos nos últimos anos. Entre os convidados, o diretor de Trânsito, Airton de Vargas; o secretário de Obras, Ronaldo Buss; e dirigentes da Associação dos Ciclistas de Montenegro (Aciclomont) e da União Montenegrina de Associações Comunitárias (Umac). Já o terceiro requerimento assinado por Kerber visa uma discussão sobre a situação da Travessa Copacabana.

Além destes três, a Câmara vota ainda uma proposição do vereador Felipe Kinn da Silva (MDB) para um debate acerca do texto-base do projeto de lei do Transporte Escolar Privado. Já o quinto requerimento tem como autora a suplente Márcia Brand, do Progressistas, e visa discutir diferentes pontos do Código Tributário do Município para facilitar a vida dos empresários em dificuldades.

Caso os requerimentos sejam aprovados, a data das reuniões será definida posteriormente. A sessão desta noite começa às 19h, na Usina Maurício Cardoso, sede da Câmara, às 19h, e é aberta à comunidade.

Deixe seu comentário