Agricultores acompanharam a sessão na quinta

A Câmara de Vereadores aprovou por unanimidade, na sessão desta quinta-feira, um projeto de lei do Executivo que beneficia os agricultores do Assentamento 22 de Novembro. São 19 famílias de antigos sem-terra, que estão no local há quase 30 anos, quando foram contemplados com pequenas áreas do antigo complexo da Estação Experimental de Montenegro. A maior parte da verba é oriunda do governo do Estado.

De acordo com o projeto, ao todo, são R$ 69.235,95, aplicados na compra de insumos como fertilizantes, rações e corretivos de solo, entre outros ítens. A meta é aumentar a produtividade dos lotes, beneficiando diretamente as famílias trabalhadoras, todas de baixa renda. O Estado participa da operação com R$ 50 mil e a Prefeitura de Montenegro entra com o saldo de R$ 19.235,95.

Alguns dos agricultores compareceram à sessão da Câmara, na quinta, para acompanhar a votação e saíram satisfeitos com a aprovação do projeto por unanimidade. O assentamento está localizado ao longo da estrada do Morro Montenegro, no bairro Zootecnia.

Deixe seu comentário