Os vereadores aprovaram por unanimidade a criação da Semana de Prevenção ao Infarto. O projeto de autoria do vereador Felipe Kinn da Silva (PMDB) foi votado, em plenário, durante a Sessão Ordinária na noite quinta-feira (22).

Pela proposta do vereador Kinn a semana será realizada de 20 a 25 de maio e passará a integrar o calendário de eventos do Município. No parágrafo único consta que, a organização e realização da Semana de Prevenção ao Infarto têm como objetivo a prevenção de uma das maiores causa de morte de pessoas no Brasil.

A exposição de motivos do projeto traz que, o infarto é uma das principais causas da morte entre os brasileiros. Durante o período de inverno, o número de casos atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) chega a subir cerca de 30%, especialmente entre a população idosa. Consta ainda dados como em 2016, 101.156 pacientes foram internados por conta do infarto do miocárdio. Desses, 87.234 morreram nos hospitais, o equivalente a 86% das internações. Segundo o OMS, todos os anos, 17,5 milhões de pessoas morrem no mundo por causa da doença, o que representa 31% dos óbitos.

O proponente do projeto, Felipe Kinn conta que, perdeu o pai vítima de um infarto. “Precisamos conscientizar a população da gravidade deste problema”, finaliza.

Também foi aprovado, o Projeto de Lei nº 084/2017, que autoriza o Executivo a contratar temporária e administrativamente 02 Atendentes de Farmácia para atuar junto a Farmácia da Secretaria Municipal de Saúde. O prazo de contrato será pelo período de seis meses. A votação foi acompanhada pelos profissionais da Saúde.

Deixe seu comentário