Comissão Parlamentar de Inquérito seguirá com três membros: Rose Almeida, Talis Ferreira e Valdeci de Castro

Grupo, reduzido a apenas três vereadores, começa análise de documentos

Foi anunciada em coletiva de imprensa, realizada na manhã de ontem na Câmara de Vereadores, a nova relatora da CPI do Loteamento Bela Vista. A responsabilidade de fazer o resumo final das investigações ficará a cargo de Rose Almeida (PSB). Como já havia sido anunciado, a comissão irá continuar seu trabalho, apesar das renúncias de dois de seus membros. Além da vereadora, ficaram Talis Ferreira (PR), que é o presidente da CPI, e Valdeci Alves de Castro (PSB).

Na oportunidade, Talis aproveitou para esclarecer que, na última quinta-feira, dia 20, os membros da comissão não se reuniram porque a presidência da Câmara ainda analisava se a CPI poderia ou não continuar com três vereadores. “Na realidade, não havia reunião marcada porque (a questão) estava com o presidente da Câmara, o Neri, que estava para decidir juridicamente se continuaria a CPI com três integrantes ou não”, explanou.

Com a definição de que os trabalhos de investigação continuarão, os membros da comissão se debruçam agora sobre os primeiros documentos recebidos. Num CD, cada um dos vereadores recebeu da Prefeitura 24 processos que somam mais de 800 páginas. Esses são todos os documentos que a Administração Municipal possui referente ao Programa de Habitação Social (PHS).

Nova relatora da CPI, Rose revelou que, até o momento, ninguém foi ouvido pela comissão. “Primeiro precisamos analisar o que nós temos aqui, que recebemos hoje (ontem). Também já solicitamos o material que há no Ministério Público e não o temos ainda em mãos”, comentou. “Cada um dos três já está levando esse material para fazer análise e, na próxima quinta-feira vai ser discutido o que se viu aqui (nos CDs)”, complementou. A vereadora acredita que o prazo inicial de 90 dias para a realização das investigações deverá ser prorrogado, dentro do que prevê o regimento.

 

Deixe seu comentário