O vereador Juarez da Silva (PTB) realizou reunião na Câmara, na manhã desta quinta, em busca de alternativas para que a Prefeitura seja exemplo na limpeza e conservação de terrenos, prédios e calçadas. O Município possui muitos imóveis que estão, na maioria, em péssimo estado. “Como um fiscal vai cobrar do contribuinte que ele limpe seu terreno, faça sua calçada se, muitas vezes, ao lado há um terreno da Prefeitura com mato tomando conta e sem passeio público?”, cobrou.

Participando da reunião, titulares e assessores das secretarias do Meio Ambiente, Obras, Saúde e Serviços Urbanos alegaram falta de estrutura e de recursos para realizar as manutenções. A boa notícia é a promessa de fazer um planejamento a partir da sugestão da chefe da Vigilância Sanitária, Silvana Schons, de que as ações comecem nos terrenos e imóveis da Prefeitura onde estão os maiores indicativos de infestação do mosquito Aedes Aegypti. “Hoje, são 94 focos em vários pontos da cidade”, alertou Silvana.

Segundo o secretário de Obras, Argus Machado, também está sendo feito o inventário dos imóveis pertencentes ao Município. Com relação ao passeio público-calçada, o diretor de Serviços Urbanos, Thiago Pinheiro, disse que está tramitando o processo para licitar a contratação de uma empresa para realização dos trabalhos e que poderá incluir também a melhoria nas calçadas dos terrenos que forem de propriedade da Prefeitura.

Deixe seu comentário