Manoel Pinto de Azevedo

O aposentado Ney Pinto de Azevedo, com 93 anos, teve a satisfação de acompanhar na Câmara de Vereadores, quinta-feira à noite, uma bela homenagem a seu pai, Manoel Pinto de Azevedo. Falecido em 4 de maio de 1967, seu nome será dado à via que tem início junto à Estrada Marcírio de Souza Carpes e término nas terras de João Lopes, na localidade de Potreiro Grande. O projeto, de autoria do vereador Juarez Vieira da Silva, do PTB, foi aprovado por unanimidade.

Natural de Montenegro, Manoel de Azevedo nasceu em 19 de abril de 1878, naquela localidade. Foi casado com Isabel Maria de Azevedo, com quem teve oito filhos. Trabalhou durante muitos anos na agricultura, enquanto sua esposa foi professora. No ano de 1953, o homem simples, com espírito coletivo, doou parte das suas terras para a construção de um educandário e uma capela para a comunidade.

Conforme relatos de vizinhos e conhecidos, Manoel sempre foi muito presente nas atividades da Paróquia São Pedro. O seu único filho ainda vivo recorda do pai com muito orgulho, especialmente pelo legado que deixou na comunidade de Potreiro Grande.

Deixe seu comentário