A confraternização contou com a presença dos comandantes dos CRPOs Serra e Vale do Caí

POR AMOR. Ela aceitou convite do marido, atual comandante do CRPO/Serra, para mudar de região

Conhecida na região do Vale do Caí por sua atuação como coordenadora da Patrulha Maria da Penha, do 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM), e pelo envolvimento em conselhos municipais, – o que lhe rendeu, incluisve, a indicação ao Prêmio Mulheres que Brilham do Jornal Ibiá, neste ano – a soldado Aline Paim parte agora para um novo desafio profissional, e também para uma nova lua de mel com o marido, o coronel Márcio José Rosa da Luz. Depois de 15 anos atuando na BM em Montenegro, Aline não quis tratar do último encontro com seus superiores e amigos como uma despedida, para ela, o momento foi para dizer “até logo, Caxias é logo ali”.

Dos 20 anos de carreira de Aline na BM, 15 foram vividos em Montenegro. Foto: Arquivo Jornal Ibiá

Aline e Márcio são casados desde 2009, mas, há cerca de um ano passaram a morar em cidades distantes. O coronel assumiu o Comando Regional de Polícia Ostensiva (CRPO/Fronteira-Oeste), passando a residir naquela região. Aline continuou morando na casa do casal, no município de Pareci Novo, e trabalhando no 5º BPM.

Durante esse período, foram muitas viagens para encontrar o marido. Os finais de semana eram marcados por momentos de descobertas de novas cidades e alegria, mas a realidade, de segunda à sexta-feira, era outra: de saudade e solidão.

O destino quis novamente ver o casal reunido, morando sob o mesmo teto. No último dia 13, o coronel assumiu o comando do CRPO/Serra, no lugar do coronel Alexandre Brite da Silva. Junto com a mudança para Caxias do Sul surgiu também um convite para a esposa. “Estávamos conversando por videochamada e ele disse que tinha uma coisa para me pedir. Perguntei o que era e ele disse ‘vem morar aqui comigo’. Na hora eu já disse que sim”, conta Aline. “Íamos estar perto, na questão da distância, se comparando com a região Fronteira, mas longe ainda. Ficar mais tempo nessa condição seria ruim para nós. Então, convidei ela para ir pra Caxias comigo”, acrescenta o coronel Márcio.

O casal estará junto apenas na vida conjugal. Aline irá desempenhar atividades no Colégio Tiradentes, inaugurado há um mês em Caxias. “Estou muito empolgada. A vida é feita de ciclos. Percebi que meu ciclo aqui no batalhão se encerrou. Estou feliz por partir para fazer outra atividade que também vale muito a pena”, fala a soldado, sobre a expectativa pela nova fase, que começa na próxima segunda-feira, 27.

Major Ricardo Machado da Silva, comandante interino do 5º batalhão, destaca que o trabalho desenvolvido por Aline, principalmente, frente à Patrulha Maria da Penha, será exemplo aos demais servidores que terão a missão de ocupar as atividades que antes eram da soldado. “A soldado Aline tem uma marca registrada, contatos com a Rede de Atendimento, toda uma parceria que, aos poucos, a gente vai passar para os outros servidores para que o trabalho feito por ela tenha continuidade. É muito importante que a proteção às mulheres esteja bem cuidada, e a soldado Aline fazia isso com maestria”.

O tenente-coronel Rogério Pereira Martins, comandante do CRPO/Vale do Caí, e demais amigos de Aline se reuniram, na tarde dessa segunda-feira, 20, para desejar boa sorte na “nova vida” e para abraçar a PM.

Deixe seu comentário