A presença dos policiais chamou a atenção dos moradores do local

OPERAÇÃO ÍRIS. Com apoio aéreo, 54 policiais cumpriram 10 mandados na cidade

Quatro pessoas foram presas por tráfico de drogas durante a Operação Íris, desencadeada pela Polícia Civil de Montenegro, na tarde dessa quarta-feira, 8, no Morro Bela Vista. No local, a polícia cumpriu oito mandados de busca e apreensão. Outros dois foram executados no bairro Industrial. Uma série de objetos, drogas e dinheiro foram apreendidos.

Ao todo, 54 policiais (22 civis e 32 militares) participaram da operação que contou também com apoio aéreo do helicóptero da Divisão Operacional da Polícia Civil de Porto Alegre. A Operação Íris foi assim denominada em alusão ao local onde ocorreu, no Bela Vista. Segundo o comissário de polícia Alisson Castilhos, da 1ª Delegacia de Polícia (DP) de Montenegro, foram mais de dois meses de investigações relacionadas a furtos e ao tráfico até a Operação ser efetivamente cumprida.

“A gente sabe que muitos desses indivíduos, que praticam furtos, se abastecem de drogas no Morro. A operação tem como objetivo apreender drogas e objetos sem procedência que possam ser oriundos de furtos”, explica Alisson. A ação resultou na apreensão de 274 pedras de crack, oito porções de maconha, cinco de cocaína e mais de R$1.300,00. Foram encontrados ainda 12 cadernos de contabilidade do tráfico, quatro balanças de precisão, quatro rolos de material para embalar drogas, um simulacro de arma de fogo, cartucho de arma, 17 celulares, dois dois cartões de memória e um radiocomunicador na frequência da Brigada Militar.

A Operação contou com apoio aéreo da Divisão
Operacional da Polícia Civil de Porto Alegre

Entre os materiais com suspeita de serem fruto de receptação a polícia localizou um tablet, três tvs, uma caixa de som e dois rádios automotivos. A partir de segunda-feira, dia 13, os objetos estarão disponíveis para reconhecimento na 1ªDP, na rua José Luís nº 1030. “Notamos que os furtos à residências aumentaram muito, e os ladrões vão até o morro para trocar os objetos, que pegam das casas, por droga”, aponta o comissário.

Além das prisões em flagrante de quatro jovens (duas mulheres – sendo uma supostamente grávida – e dois rapazes), foram instaurados cinco inquéritos policiais por posse de munição, tráfico e associação para o tráfico de drogas, e três termos circunstanciados por posse de entorpecente. Um suspeito conseguiu fugir de casa antes da chegada dos policias.

O resultado da Operação foi apresentado entrevista coletiva na Central Regional de Polícia. “Fizemos essa Operação para frear e desarticular a atividade criminosa no Morro Bela Vista”, enfatiza o delegado responsável pela investigação, André Roese. “É importante frisar o trabalho conjunto realizado, já de longa data, pela Polícia Civil e Brigada. O alvo é o tráfico, mas a gente sabe que objetos de furto são moeda de troca para sustentar a dependência do usuário”, acrescenta o tenente do 5º BPM, Augusto de Souza.

A Brigada Militar atuou com 32 policiais na ação realizada no Bela Vista

Deixe seu comentário