Parte da produção da soldado Colomby foi entregue ao Banco de Perucas do município, durante as ações do Outubro Rosa de 2021. Fotos: arquivo pessoal da soldado Colomby

COMUNIDADE pode doar mechas de cabelos e ajudar a campanha

Quando concluiu o curso de Formação de Soldados da Brigada Militar, em 2021, Cristielen Colomby, de 26 anos, já conhecia a campanha Cabelos de Aço, desenvolvida pela BM no Estado, e quis dar sua contribuição à iniciativa que visa levar mais alegria a pessoas em tratamento contra doenças (ou que por algum outro motivo necessitam de perucas). A jovem policial foi além das ações de pedidos de doação de cabelos, ela mesma passou a fazer perucas.

Antes de exercer a função de policial militar, Cristielen trabalhou, durante oito anos, em um salão de beleza. No local ela aprendeu a confeccionar próteses capilares e perucas. A experiência motivou a soldado a abraçar a campanha da Instituição ainda durante o curso de formação. Com apoio dos colegas e da comunidade foram arrecadas diversas mechas com as quais ela confeccionou cinco perucas. Algumas foram entregues ao Banco de Perucas do município, durante as ações do Outubro Rosa do ano passado. O Instituto do Câncer Infantil de Porto Alegre também recebeu doação.

A policial tem sua própria máquina para confecção das perucas

Neste ano, a PM quer fazer um número maior de perucas e já começou a mobilização para isso. Pelo segundo ano seguido, a Escola de Soldados é parceira da iniciativa. Nesta quarta-feira, dia 6, Cristielen irá até a Esfes para coletar cabelos doados por mais de 20 alunas-soldados que se dispuseram a somar forças à ação. Segundo ela, esposas e familiares dos alunos também estão aderindo a campanha.

Qualquer pessoa pode doar mechas de cabelos, durante qualquer período do ano. O cabelo tem de ter, no mínimo, 15 centímetros de comprimento. Até mesmo madeixas com coloração ou química podem ser aproveitadas. “Eu limpo, hidrato e faço coloração para que fiquem na mesma tonalidade”, explica Cristielen. “Se for muito cabelo, deve ser separado em mechas mais finas. É importante que seja bem amarrado com borrachinha”, acrescenta. A entrega dos cabelos deve ser realizada na sede do 5º Batalhão da Polícia Militar (5º BPM) de Montenegro, na rua Albano Coelho de Souza, esquina com rua Osvaldo Aranha, no bairro Progresso.

A soldado não estipulou um número exato de perucas a serem feitas, mas o destino delas já é certo. Mais uma vez, o Banco de Perucas e o Instituto do Câncer Infantil serão contemplados.“É uma realização pessoal fazer esse trabalho. Sei o tanto que as pessoas precisam, a autoestima de uma mulher começa pelo cabelo. Me sinto grata por poder fazer parte dessa campanha e levar um pouquinho de amor para cada uma”, relata a voluntária. “Esse projeto é muito importante, queremos que tenha continuidade”, conclui.

Sobre a campanha Cabelos de Aço
A campanha Cabelos de Aço, iniciou em 2020 com intuito de mobilizar as policiais militares femininas a realizarem doações de mechas de cabelos, mas acabou ganhando o apoio de mulheres de diversas outras profissões e até de crianças que, autorizadas pelos pais, aderiram ao movimento. A campanha recebe doações em todo o Estado. Interessados podem procurar unidades da BM e fazer parte do movimento.

Deixe seu comentário