Delegacia de Pronto Atendimento de Montenegro

A Polícia Civil do Estado entrou em greve nessa segunda-feira 16. A mobilização é contra o pacote de reforma administrativa proposta pelo Governo Eduardo Leite. Não há previsão de término para a paralisação. Até lá, só serão atendidos casos de flagrante, latrocínio, homicídios, estupro, violência contra idosos e crianças e lei Maria da Penha. Os demais casos de ocorrências, como furto e roubos, por exemplo, devem ser registrados na Delegacia on-line, no site: www.delegaciaonline.rs.gov.br.

Deixe seu comentário