A capacitação envolveu 15 policiais militares dos dois batalhões do CRPO/VC. Fotos: Brigada Militar

TECNOLOGIA da informação a serviço da Segurança

Policiais militares do 5º e 27º Batalhão da Polícia Militar (BPM) receberam treinamento para uso de uma ferramenta tecnológica que promete integrar ainda mais e facilitar o trabalho das forças de Segurança Pública. O treinamento para implementação da Central de Atendimento e Despacho (CAD) ocorreu ao longo dessa terça-feira, 17, na sede do Comando Regional de Polícia Ostensiva Vale do Caí (CRPO/VC).

A Central de Atendimento e Despacho integra o Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública. É uma solução de suporte a serviços públicos emergenciais, que permite a integração do atendimento de forças de Segurança Pública e outros órgãos, como polícias militar, civil, Corpo de Bombeiros Militar, Samu, Polícia Rodoviária Federal, guardas municipais, e outros. A CAD aperfeiçoa a gestão de recursos e diminui o tempo de resposta, além de melhorar o planejamento operacional. “É mais uma ferramenta que potencializa as ações policiais”, avalia o comandante do CRPO/VC, tenente-coronel Rogério Pereira Martins.

O uso da Central de Atendimento visa dinamizar o atendimento aos cidadãos na região, além de proporcionar ainda mais ferramentas para análise, gestão e planejamento da Brigada Militar nas dezenove cidades atendidas pelo CRPO/VC. “A CAD já esta em operação em Montenegro, agora este treinamento vai possibilitar a implementação e instalação nos demais municípios da região”, revela o comandante Pereira Martins. A sala de Operações do 27º BPM de São Sebastião do Caí, teve a instalação realizada na tarde dessa terça-feira.

A sala de Operações do 27º BPM do Caí passa a ter instalada a Central de Atendimento e Despacho

A instrução foi ministrada pelos soldados Adelino de Oliveira Junior e José Carlos Cantarelli Rodrigues, do 3° Batalhão de Policiamento de Áreas Turística (BPAT), de Bento Gonçalves. Ao todo, 15 policiais participaram da capacitação, eles serão responsáveis por multiplicar, entre os demais agentes, as informações recebidas no treinamento.

Sinesp CAD: como funciona
O sistema fornece aos profissionais de segurança pública uma solução de Tecnologia da Informação que permite o atendimento a ocorrências solicitadas a partir de números tridígitos emergenciais (190, 191, 192, etc) ou de outros canais de acionamento de atendimento ao cidadão. A solução está presente, pela PRF, em 22 estados e Distrito Federal (com exceção apenas do Espírito Santo, Goiás, Rondônia e Acre) e em outras instituições de nove estados brasileiros (Rio Grande do Sul, Acre, Roraima, Amapá, Maranhão, Rio Grande do Norte, Sergipe, Rio de Janeiro, e agora Piauí), que prestam serviços de emergência.

Deixe seu comentário