foto: Internet/ Divulgação

O registro na DPPA de Montenegro é assustador, ao revelar o quanto um homem pode ser cruel e covarde. A vítima de 25 anos foi espancada e arrastada no chão pelo companheiro com quem tem um relacionamento de um ano e meio. Se não bastasse, o primo do agressor ajudou, segurando os braços da mulher enquanto o outro batia.

O crime ocorreu em uma localidade do interior, onde todos participavam de uma confraternização em família. Após receber socos e tapas no rosto, ela ainda tentou fugir, levando consigo os sobrinhos de 9 e 11 anos. Mas cada vez que tentava embarcar no carro o homem a puxava pelo chão.

O menino mais velho inclusive foi arrancado de dentro do veículo com truculência. Ela demorou em conseguir recuperar a chave do seu carro e fugir, sendo que o agressor ainda tentou persegui-la, mas o reboque em seu veículo impediu. Ela chegou na DPPA toda suja e machucada. Foi aberto processo e encaminhado pedido de medidas protetivas.

Deixe seu comentário