Lideranças políticas conversaram com a Brigada na sede do 5º Batalhão, em Montenegro

Foi realizado no fim da tarde de ontem, na sede do 5° BPM, uma reunião entre lideranças políticas de Brochier com a Brigada Militar, para tratar do aumento do efetivo policial nas cidades de Brochier e Maratá. A preocupação das comunidades das duas cidades é que a redução de policiais militares, por conta do deslocamento de homens para a Operação Golfinho, tem deixado os municípios descobertos provocando o aumento da criminalidade.

O vice-prefeito de Brochier, Fernando Braun, esteve acompanhado dos vereadores Gilberto Büttenbender e Anésio Scherer, que neste ano ocupa a presidência da Câmara de Vereadores. Braun comentou que a falta de segurança tem sido uma constante dos moradores. Esse, segundo ele, é o motivo para a mobilização por mais policiais.

Os políticos anunciaram que vão começar uma mobilização para que parte dos alunos-soldados em formação na Escola de Formação de Soldados da Brigada fique na região. Para tanto, eles devem contar com o apoio do deputado estadual Enio Bacci, que esteve representado na reunião pelo assessor parlamentar Roque da Rosa, o Anão.

“A comunidade está revoltada e tem nos cobrado uma solução. Nós estamos atentos e com o apoio da Brigada queremos oferecer segurança”, ressaltou o vereador Gilberto Büttenbender, autor do pedido de reunião com a BM. O capitão Oscar Bessi representou a BM juntamente com o subcomandante do 5° BPM, Iber Giordano. Bessi destaca que a comunidade deve se unir em busca de soluções, para que a Brigada tenha melhores condições de enfrentar a criminalidade.

Deixe seu comentário