Uma briga entre jovens, alguns estudantes, na saída da escola Estadual Delfina Dias Ferraz terminou com uma vítima ferida. A Brigada Militar (BM) foi chamada para averiguar a denúncia de que jovens armados com faca estariam na rua Olavo Bilac para iniciar uma briga. A viatura foi ao local e iniciou abordagens e identificações na praça da Matriz.

Mas neste meio tempo iniciou uma confusão no portão do educandário envolvendo ao menos oito pessoas. M.D.M.G, de 16 anos, levou um golpe de facão na cabeça e precisou ser socorrido ao Hospital Montenegro (HM), onde recebeu pontos. Testemunhas indicaram o agressor, que foi alcançado enquanto fugia.

Com ele foi encontrada a arma branca usada no ataque. Aos brigadianos alegou que foi defender sua irmã que estuda na escola e que estava sendo ameaçada por um grupo de rapazes. A Polícia Civil (PC) abriu processo e encaminhou ao Poder Judiciário, que já marcou audiência. Foi registrado BO na Delegacia.

Compartilhar

Deixe seu comentário