Marcas de sangue foram deixadas na saída do imóvel foto: BM/Divulgação

Um homem de 49 anos foi morto ontem à tarde, em São Sebastião do Caí. Paulo César de Oliveira, 49 anos, foi vitimado com disparos de arma de fogo e por cortes de faca na Travessa 04, no bairro San Martin. Ele chegou a ser levado com vida para o hospital Sagrada Família, naquela cidade, mas não resistiu aos ferimentos.
A suspeita da Brigada Militar é que o crime tenha motivação passional. Paulo César não tinha antecedentes policiais relacionados com crimes graves. Em sua casa, apesar de haver objetos de valor, nada foi levado. O trabalho pericial deverá determinar quantos disparos de arma de fogo foram efetuados na vítima, bem como os locais do corpo atingidos pelos golpes de faca. Ninguém foi preso até o fechamento desta edição.
A BM, a perícia e o DML compareceram ao local para o atendimento da ocorrência. Com a morte de ontem, Caí contabiliza quatro mortes por homicídio, já que a BM considera os dois encontros de cadáver como tal crime, em 23 dias de um janeiro sangrento.
Dois encontros de corpos aconteceram no bairro Navegantes, sendo que um estava enterrado em uma cova rasa e outro foi achado dentro do rio Caí, e o terceiro homicídio foi no bairro Loteamento Popular. Todas as mortes foram por disparos de arma de fogo. (SV)

Compartilhar

Deixe seu comentário