O anúncio da programação da segunda edição do evento “Mais Garantias” foi realizado na manhã desta terça-feira, na Delegacia da Mulher de Montenegro

UNINDO FORÇAS. Segunda edição do “Mais Garantias” será para compartilhar resultados

Órgãos governamentais, de segurança e entidades que compõem a Rede de apoio e proteção às mulheres em Montenegro divulgaram na manhã dessa terça-feira, dia 13, o Mais Garantias II – Quebrando o Silêncio. O encontro, no próximo dia 28, na Estação da Cultura, servirá para reforçar as políticas públicas de enfrentamento à violência doméstica; mas especialmente será um momento de comprovar resultados obtidos a partir do primeiro Mais Garantias, de 2017.

A apresentação do cronograma de ações foi realizada no auditório da Central de Polícia de Montenegro. A delegada Cleusa Tânia de Oliveira Spinato, responsável pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), ressalta a importância do Mais Garantias como ferramenta de enfrentamento à violência. “A nossa rede, ao longo do tempo, foi se organizando de forma mais efetiva, através do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. É importante a gente expor qual é o trabalho que a Rede permite e já fez até agora”, explica Cleusa.

Segundo a delegada, o tema central do evento é a violência contra a mulher e o feminicídio. “Os números no Vale do Caí são muito altos, e isso requer uma preocupação e trabalho efetivo. Nós temos o Comdim (Conselho), a Rede e a Cufa que são nossos. E juntos estamos sempre trabalhando a prevenção e o enfrentamento dessa violência”.

O coordenador da Central Única das Favelas (Cufa) em Montenegro, Rogério Santos, lembra que na primeira edição foi realizada uma roda de conversa para que os membros da Rede pudessem se conhecer melhor. “Esse ano vai ser uma troca de experiência e mostra de resultados. Isso é um passo muito significativo na questão da prevenção a violência doméstica”, diz Rogério.

Área do 5º BPM terá atuação da Patrulha Maria da Penha
Além do conhecimento que será compartilhado por figuras de grande expressão nos setores Segurança Pública e Justiça, certamente a segunda edição será marcada pelo lançamento oficialmente a Patrulha Maria da Penha para as cidades de jurisdição do 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM), com sede em Montenegro. “Pretendemos ter uma atuação eficiente e forte na violência doméstica. O trabalho da Patrulha vai, além de atuar na prevenção e na repressão, receber as medidas protetivas do judiciário e fazer o acompanhamento da vítima”, enfatizou a soldado militar Aline Paim, integrante da Patrulha Maria da Penha na cidade.

O lançamento será dentro da programação da tarde do dia 28, durante o Painel de Experiências, Trocas e Projetos. Inclusive, ele contará com a explanação da Coordenadora da Patrulha Maria da Penha no estado, major Karine Pires Soares Brum. A programação terá ainda eventos em escolas com o projeto da Polícia Civil “Papo Responsa”; atendimento individual no ônibus da Defensoria Pública do RS; palestra da delegada Tatiana Barreira Bastos, diretora da Divisão de Proteção à Mulher; palestra da defensoria pública Drª. Liliane Braga Luz Oliveira, dirigente do Núcleo da Mulher. O evento é gratuito e aberto ao público.

Confira a programação
MAIS GARANTIAS II – Quebrando o silêncio

Dia 28 de gosto
Estação da Cultura de Montenegro

Manhã
08h30 – Cadastramento e café
09h00 – Abertura oficial
09h30 – Palestra de abertura
10h15 – Intervalo
10h30 – Palestra “Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher” com a promotora Dra. Ivana Battaglin , da Promotoria de Justiça Especializada de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.
11h45 – Almoço

Tarde
13h30 – Painel de Experiências, Trocas e Projetos – 10 minutos para cada apresentação
13h35 – Patrulha Maria da Penha do RS –
13h50 – Delegada Tatiana Bastos – Diretora da DIPAM
14h20: Defensora Pública, Dra. Liliane Luz Oliveira, Dirigente do Núcleo da Mulher
14h30 – Centro de Referência da Mulher
14h40 – Ministério Público
14h50 – CEJUSC
15h00 – Intervalo
15h15 – Secretaria de Saúde
15h20 – 5º BPM – Patrulha Maria da Penha
15h25 – Secretaria de Habitação e Ação Social
15h35 – Maria Maria
15h45 – UNISC
15h55 – Hospitais Montenegro e Unimed
16h05 – Comdim
16h15 – Encaminhamentos

Deixe seu comentário