O suspeito de estelionato é proprietário de uma loja no Centro de Montenegro. Foto: PC

O homem chegou a ser preso por posse ilegal de armas, mas pagou fiança e foi solto

Um empresário de Montenegro foi preso durante uma operação realizada pela Polícia Civil, através da Delegacia do Turista, de Porto Alegre, com o apoio de policiais do Vale do Caí, 1ª Delegacia Regional do Interior e Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de Santa Cruz do Sul.

O homem é suspeito de praticar estelionato e foi detido por posse ilegal de armas de fogo. Contudo, o indivíduo foi liberado após pagar fiança.
Durante buscas realizadas na casa do investigado, no município de São José do Sul, na tarde dessa quarta-feira, 17, a Polícia encontrou três espingardas, munições, dinheiro e celulares. Contudo, foi arbitrada fiança e ele responderá em liberdade o processo por posse irregular de arma e também por estelionato.

Foram cumpridos, ainda, outros cinco mandados de busca e apreensão. A ação segue ordens judiciais relacionadas a investigações sobre um grupo criminoso que aplicava golpes em diversas cidades do Estado.

Conforme a PC, os golpistas convenciam as vítimas a entregar dinheiro em espécie para “clonagem” deste. Em troca, ofereciam à vítima parte das cédulas falsificadas. Como golpe final, os criminosos ficavam com todo o dinheiro verdadeiro. O prejuízo estimado das vítimas chega a cerca de R$ 2 milhões.

Deixe seu comentário