No prédio, já não há mais identificação de que ali funcionou uma escola de educação infantil

Suspeita por maus-tratos contra seus alunos, a escola particular de Educação Infantil Jeito de Mãe teve sua licença de funcionamento cancelada no mês de novembro do ano passado. No dia 28 daquele mês, a Promotoria de Justiça Especializada de Montenegro, representada pelas promotoras Rafaela Hias Moreira Huergo e Daniela Tavares da Silva Tobaldini, esteve no local cumprindo mandados de busca e apreensão de objetos. Desde então segue tramitando a investigação do caso.

No prédio, já não há mais identificação de que ali funcionou uma escola

Conforme a promotora Rafaela Huergo, as medidas judiciais cabíveis serão tomadas em breve. Contudo, por cautela, em razão da Lei de Abuso de Autoridade, a promotora prefere não se manifestar sobre os detalhes do andamento das investigações. Se comprovadas as denúncias, os proprietários ficam impossibilitados de reabrirem o espaço e também de obter licença para outras unidades. Além disso, poderão responder pelo crime de maus-tratos. A Polícia Civil, através da DEAM, também investiga o caso.

O prédio onde funcionava a escola está fechado e, aparentemente, passa por reformas. No pátio, latas de tinta apontam para as mudanças no local. A fachada com a identificação da escola e demais materiais de publicidade foram retirados.

Deixe seu comentário