AÇÕES visam reduzir números de acidentes e conscientizar condutores e pedestres

Em 11 de maio de 2011, a Organização das Nações Unidas (ONU) decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. Dentro deste mês, que se tornou referência mundial para balanço das ações, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) lançou campanha do Movimento Maio Amarelo. Com o slogan “No Trânsito, o Sentido é a Vida”, peças publicitárias seguem a proposta de chamar a atenção para o alto índice de mortes e feridos no trânsito.

A Década é uma ação coordenada entre Poder Público e sociedade civil, que põe a segurança viária em pauta. Neste ano, o Observatório Nacional de Segurança Viária desenvolveu o mote com a proposta de que os adultos ouçam o conselho dado por uma criança. A ingenuidade e inexperiência perante a vida concedem-lhe uma percepção e absorção sem filtros a respeito do que é certo e o que é errado.

A campanha teve sua inspiração nos cinco sentidos humanos, numa alusão à sinalização de trânsito. Ou seja, o trânsito é feito de sentidos. Para utilizá-lo, é preciso entender todos eles. Uma seta no carro da frente indica para onde ele vai virar. Um pedestre com a mão estirada na faixa transmite que ele quer efetuar a travessia.

Todavia, um sentido foi esquecido: a audição. A campanha diz que é preciso voltar ao começo e ouvir os conselhos de quem não sabe mentir e conhece certo e errado. Mas qual é o sentido de ouvir o conselho de uma criança? A resposta é pura e simples: O sentido é a vida. Pois, de acordo com o Observatório, os acidentes não acontecem, mas sim, são frutos de escolhas inadequadas e arriscadas.

As ações do Dnit dentro da Década de Segurança seguirão ao longo do ano. Em junho, a campanha será pela valorização das Faixas para Pedestres e do Sinal de Vida; e em julho serão efetivadas ações de prevenção voltadas para o período das férias escolares.

“No trânsito eu cuido de você e você cuida de mim”
Em Montenegro, o departamento de Transporte e Transito (DTT), ligado à secretaria Municipal de Obras Públicas, desenvolve o projeto “No trânsito eu cuido de você e você cuida de mim”. Na prática, folders educativos são distribuídos nas escolas do município com o intuito de passar uma mensagem sobre trânsito seguro para pais, direção e educadores dos estudantes.

Sinodal alerta para a segurança no trânsito

Um projeto desenvolvido pela Escola Sinodal Progresso, em Montenegro, assim como na campanha do Dnit, usa uma criança para alertar sobre a importância do cuidado no trânsito. A instituição de ensino instalou totens fotográficos sinalizadores, buscando chamar a atenção dos motoristas que passam pelo entorno da escola.

A modelo dessa campanha é Helena Parcianello Benvenutti, de 8 anos, aluna do terceiro ano da escola

A ação teve início internamente com os próprios alunos. O objetivo é que eles ajudem na conscientização da comunidade sobre a segurança no trânsito.
O projeto visa sinalizar aos pais e motoristas que trafegam nos arredores do Colégio Sinodal, para terem cuidado principalmente nos horários da entrada e saída dos estudantes. Dois totens fotográficos foram instalados em pontos estratégicos de desembarque de alunos.

Cronograma da Campanha
2º quadrimestre de 2019 – Foco: PEDESTRE
Maio – Ações de apoio ao movimento Maio Amarelo e à Semana das Nações Unidas sobre segurança viária.
Junho – Campanha de valorização das Faixas para Pedestres e do Sinal de Vida.
Julho – Ações voltadas para o período das férias escolares.
Agosto – Educação sobre a utilização do celular em movimento, nos papéis de pedestre/ciclista/condutor.
3º quadrimestre de 2019 – Foco: CICLISTA
Setembro – Campanha da Semana Nacional de Trânsito (18 a 25 de setembro de 2019).
Outubro – Bicicletas como meio de locomoção, o que saber para se proteger e proteger o ciclista.
Novembro – Conscientização de preservação da vida pelo Dia Mundial em Memória às Vítimas do Trânsito.
Dezembro – Bicicleta nas férias escolares e o seu convívio no trânsito.
1º quadrimestre de 2020 – Foco: MOTOCICLISTA
Janeiro – Respeite o motociclista, respeite a vida.
Fevereiro – Valorização da Lei Seca e sua importância na redução de acidentes.
Março – Capacete é Vida.
Abril – Educação sobre a utilização do celular em movimento, nos papéis de pedestre/ciclista/condutor.

Deixe seu comentário