O 5º BPM fica na Rua Albano Coelho de Souza, nº 291, bairro São João

POPULAÇÃO pode contribuir com doações de brinquedos, livros e máscaras de proteção

A Brigada Militar está realizando uma campanha intitulada Criança Feliz. O objetivo é tornar o Dia das Crianças um momento de alegria para os pequenos, que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Contudo, para atingir este objetivo, a BM conta com a solidariedade da população. Muitos policiais compram materiais com seu próprio dinheiro, mas para atingir um expressivo número de crianças é necessário o envolvimento de mais pessoas na ação.

Este ano, devido à pandemia, além de brinquedos, livros e doces, também serão arrecadas para distribuição máscaras de proteção conta o novo coronavírus. “Estão sendo colocadas caixas identificadas em alguns estabelecimentos e quartéis da BM, em todos os municípios que pertencem à área do 5º BPM. As doações serão recolhidas até o dia 7 e, no dia 9, desenvolveremos a distribuição, através do efetivo que compõe os projetos sociais da BM nos municípios”, explica o comandante do 5º Batalhão da Brigada Militar (BPM) de Montenegro, tenente-coronel Rogério Pereira Martins.

As doações também podem ser entregues, diretamente, nas viaturas em patrulhamento. A ação desenvolvida pelo Proerd e Patrulha e Escolar, também irá incluir as crianças que possuem vínculo com as vítimas de violência doméstica, filhos das mulheres atendidas pela Patrulha Maria da Penha.

27º BPM também está mobilizado

O 27º Batalhão da Polícia Militar, com sede em São Sebastião do Caí, também está preparando um momento especial para as crianças de suas cidades de atuação. No município as arrecadações acontecem até o dia 9.

O comandante do batalhão, major Oberdan do Amaral, lembra das ações realizadas no Dia das Crianças e Natal do ano passado. Este ano, a logística de entrega dos presentes será diferente: sem abraços e aglomerações, mas contará com o carinho dos policiais que buscam, cada vez mais, se aproximarem da comunidade. “Colocaremos nas viaturas e durante o patrulhamento a gente vai distribuindo nas vilas. Não vai ficar tão legal, mas eles vão saber que não esquecemos deles”, conclui o comandante Oberdan.

27º Batalhão da Polícia Militar de São Sebastião do Caí

Deixe seu comentário