A Brigada Militar quer estar mais perto da comunidade escolar em Maratá. Foto: Brigada Militar

SEGURANÇA e Educação alinham ações para aproximar e orientar os futuros cidadãos

A Brigada Militar e a secretaria de Educação e Cultura do município de Maratá traçaram ações para serem desenvolvidas em parceria durante o ano letivo de 2022. A iniciativa vai levar a Polícia para dentro das cinco escolas do município, que atendem estudantes até o 9º ano. Através dessa aproximação serão tratados temas pertinentes à educação e ao desenvolvimento cidadão dos estudantes. Às aulas ainda não começaram, mas a estratégia de ação já está definida.

A intenção é promover dois encontros em cada escola, até o mês de dezembro. “Nossa intenção é envolver todos os policiais que atuam na região nesta aproximação com o público escolar”, explica o sargento Leandro Barcelos, comandante da Brigada Militar em Maratá. “Queremos criar uma rede de confiança entre a BM, a escola e os alunos”, acrescenta.

As ações foram alinhadas em reunião entre o sargento Barcelos e a secretária de Educação Jussara Dutra. Foto: ACOM/Prefeitura de Maratá

Entre os temas a serem abordados nos encontros estão previstos: educação no trânsito; transporte escolar; respeito e reconhecimento para com os professores; segurança no uso de redes sociais; drogas lícitas e ilícitas; além de tópicos específicos que serão apontados pela própria direção das escolas. “Ficamos muito felizes, pois entendemos que precisamos alinhar nossas ações para além dos eventuais problemas que temos e trabalharmos com a prevenção em nosso município”, diz a secretária de Educação e Cultura de Maratá, Jussara Dutra.

A Brigada Militar também passará a fazer parte das reuniões mensais realizadas pela rede de atendimentos do município, ao lado de representantes da área da Saúde, Assistência Social, e Conselho Tutelar, entre outros. Conforme Jussara, estes encontros são realizados com o objetivo de avaliar situações e definir ações e estratégias para a comunidade.

Expandindo a relação
Nesta semana, a ideia de aproximar Segurança e Educação avançou mais um passo. Dessa vez junto a um educandário da rede estadual de ensino. O sargento Leandro Barcelos esteve reunido com a direção do Colégio Estadual Engenheiro Paulo Chaves. “Nesta escola encontramos um público de adolescentes. A Brigada Militar e a Direção da Escola se propõem a realizar um trabalho preventivo através de encontros durante o ano letivo, com palestras temáticas que atendam a esse público escolar”, completa Leandro.

Deixe seu comentário