Numa das ocorrências foram apreendidas nove porções de maconha e uma de cocaína. Foto: 5º BPM

A Brigada Militar (BM) realizou na noite de quarta-feira, dia 23, a prisão de duas pessoas por tráfico de drogas, em Montenegro, em duas ações distintas. A primeira prisão ocorreu por volta das 20h e envolveu uma perseguição de cerca de seis quilômetros.

Conforme informações do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), durante patrulhamento uma guarnição tentou abordar um veículo que foi flagrado na travessa Vereador João Vicente, no bairro Centenário, efetuando uma entrega de drogas. O motorista do Fiat Uno recebeu ordem de parada, mas não a obedeceu e iniciou a fuga. Após diversas infrações de trânsito e acompanhamento da BM, o acusado foi abordado, com apoio de outras viaturas, no quilômetro 10 da ERS-240.

Na busca veicular, os policiais encontraram uma mochila com nove porções de maconha e uma porção de cocaína. Em consulta ao sistema, foi constatado que o preso, que também resistiu à prisão e teve que ser imobilizado, tinha um mandado de prisão preventiva em seu desfavor. Na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro, onde o homem foi apresentado após passar por laudo médico, foi feito um auto de prisão em flagrante por tráfico de drogas e cumprimento de mandado.

Além disso, o preso também responderá por descumprir o artigo 311 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que versa sobre trafegar em velocidade incompatível com a segurança nas proximidades de escolas, hospitais, estações de embarque e desembarque de passageiros, logradouros estreitos, ou onde haja grande movimentação ou concentração de pessoas, gerando perigo de dano.

A segunda prisão ocorreu por volta das 22h, na rua Fernando Ferrari, no bairro Industrial, após a BM receber informações de que um indivíduo estaria traficando no local. Ao monitorar o lugar indicado, os policiais flagraram a pessoa com as características citadas vendendo crack para outra. Diante disso, foi feita uma abordagem. Ao verem os policiais, os homens correram em direções diferentes.

Com um indivíduo foi encontrada um pedra de crack em sua boca. Ele admitiu que comprou a droga com o acusado, pagando com duas notas de R$ 5,00. O preso foi detido logo na sequência, dispensando no chão duas notas de R$ 5,00, uma porção de maconha e uma bucha de cocaína – que foram apreendidas. Diante dos fatos, o indivíduo que vendeu o entorpecente foi conduzido ao hospital para laudo médico e, posteriormente, à DPPA, onde a autoridade competente determinou a prisão em flagrante por tráfico de drogas.

Deixe seu comentário