Internet, aplicativos e celular são os novos canais de ação dos golpistas

Segurança. Neste ano já são 950.632 tentativas de fraudes contra brasileiros

O primeiro semestre de 2017 registrou 950.632 tentativas de fraude contra pessoas físicas no país, uma a cada 16,5 segundos, conforme a Serasa Experian. A alta é de 7,5% ante o mesmo período de 2016, que teve 884.105 tentativas. A telefonia é o segmento líder de ocorrências. Foram 366.188 no período, o que representa 38,5% do total. Completam a lista dos primeiros colocados o setor de serviços (30,1%) e de bancos e financeiras (23,8%).

O leitor do Jornal Ibiá Adilson Motta recebeu, em duas oportunidades, mensagens de texto pelo celular solicitando que realizasse recadastramento em bancos. “Como eu não tinha conta nesses bancos, ignorei”, conta.

O delegado regional Marcelo Pereira Farias ressalta a relevância de vítimas de tentativas de crimes dessa natureza registrarem Boletins de Ocorrência sobre os fatos, algo muitas vezes negligenciado. A medida é fundamental para que a polícia possa identificar e prender os autores.

Farias também ressalta a importância de estar sempre alerta, visando não cair nas mãos dos golpistas. E, muitas vezes, medidas simples evitam dores de cabeça. “É preciso ter cuidado ao responder e-mail. Todo mundo sabe que os bancos e a Receita Federal não mandam e-mail. Não passar CPF, RG, dados pessoais para ninguém”, exemplificou.

Entre os crimes cometidos pela internet os mais frequentes estão o roubo de dados bancários e instalação de programas maliciosos nos computadores. Por isso, vale ressaltar a importância de estar sempre atento ao navegar na rede, de manter antivírus atualizado no computador e de não abrir e-mails considerados suspeitos.

Deixe seu comentário