FATAL. Automóvel foi arrastado por mais de 70 metros por caminhão

Dois homens, um de 41 e outro de 26 anos, que não tiveram seus nomes informados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), perderam a vida em um grave acidente de trânsito na BR-386. O sinistro envolveu um automóvel Gol, com placas de Canoas, e um caminhão Mercedes, registrado em Vale do Sol. O condutor do caminhão afirma que não teve tempo de evitar a colisão. O carro foi arrastado por cerca de 70 metros.

A colisão frontal ocorreu no sentido interior/capital, por volta das 9h dessa terça-feira, 28, no km 405 da BR-386, em Triunfo. O Gol teria aquaplanado, subido no canteiro central e, de ré, ido direto na dianteira do caminhão. Condutor e passageiro faleceram no local. O caminhoneiro não se feriu.

Natural de Vera Cruz, o condutor do caminhão, Germano Hoesle, estava fazendo sua primeira viagem com a nova cabine do veículo. “Só vi um vulto branco vindo na direção do caminhão. O carro veio de ré, não deu tempo de fazer nada. Quando vi, o carro já estava debaixo do caminhão”, conta.

Segundo a Polícia Civil, houve suspeita de que um terceiro tripulante estivesse no banco de trás do automóvel de passeio, mas o trabalho da equipe de peritos mostrou que não havia mais ninguém.

A colisão frontal ocorreu no sentido interior/Capital, no quilômetro 405 da BR-386 em Triunfo

Como prevenir a aquaplanagem
Além de cuidar do estado de conservação dos pneus, é necessário estar atento à velocidade em que o veículo se desloca, pois, quanto maior a velocidade, maior também é o risco de aquaplanagem, explicam especialistas no assunto, como o professor de pilotagem Jorge Raimundo Fleck, entrevistado pelo Jornal Ibiá em junho do ano passado.

Nos locais com acúmulo de água, a aceleração do veículo deve ser reduzida pela metade da permitida para a via, assim caso ocorra algum imprevisto, serão menores as chances de danos, caso o motorista perca a direção do veículo.

Reportagem: Clarice Almeida e Mateus Friedrich

Deixe seu comentário