Fotos: Brigada Militar

TRÊS VEZES MAIS. Quantidade é a maior registrada, até o momento, pela Brigada Militar

A Brigada Militar apreendeu cerca de 410 quilos de maconha na noite da última terça-feira, dia 20, na Estrada Boa Vista, na localidade de Passo da Serra em Montenegro. Uma denúncia anônima, feita pelo 190, levou os policiais da Força Tática do 5° Batalhão da Polícia Militar (BPM) a realizar a maior apreensão de entorpecentes em Montenegro feita pela BM, até então.
O  tenente Daniel Augusto de Souza, comandante interino do pelotão da Força Tática (FT), relata que a guarnição da FT já tinha informações sobre movimentação estranha no local referido, e ao receber a denúncia deslocou-se para averiguação.

Fotos: Brigada Militar

No caminho, os agentes abordaram um automóvel Siena, de Novo Hamburgo. Enquanto os policiais verificavam a situação do automóvel e do condutor, um rapaz que se deslocava a pé pela estrada, saiu correndo ao ver a Polícia. “Os policiais correram atrás dele e conseguiram abordar ele. Foi encontrada uma arma de fogo, calibre 38, e uma mochila com pacotes de maconha. A arma estava carregada e ele tinha ainda outros 26 cartuchos. É uma quantidade de munição de quem está preparado para um confronto”, relata o tenente Augusto.

O motorista do Siena foi autuado por infrações de trânsito e liberado. Já o suspeito de 19 anos levou os policiais até a casa onde foi encontrada a grande quantidade de droga. “Os policiais entraram na casa e, em um dos quartos, encontraram mais de 550 tijolos de maconha. Ele é de Porto Alegre e tem vários antecedentes, inclusive por homicídio. Fazia um mês que estava morando em Montenegro”, acrescenta o comandante interino.

O homem foi levado para a Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA) onde foi registrado flagrante. A Polícia Civil investiga a origem e propriedade da mercadoria ilícita.

Em 2009 a BM encontrou cerca de 100 quilos de maconha, em uma casa, na localidade do Pesqueiro. Essa também é considerada uma das maiores apreensões feitas pela Brigada.“A gente vai continuar nessa luta. A missão da Brigada é proteger a sociedade, e é o que vamos continuar fazendo”, conclui Augusto.

Deixe seu comentário