Formas de ampliação e disseminação da iniciação científica na construção de conhecimento foram discutidas no 1º Seminário Regional de Iniciação Científica do Vale do Caí/Citros. O evento que ocorreu na manhã deste sábado, 25, foi organizado pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura, em conjunto com a Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha e apoio da Fundarte.

O Teatro Therezinha Petry Cardona foi palco para grandes discussões entre professores de 10 municípios do Vale do Caí/Citros. Além das dezenas de educadores, o prefeito de Montenegro, Kadu Müller, também se fez presente. De acordo com a diretora do Departamento de Educação, Claúdia Patrícia M. Momba, o objetivo do seminário é intensificar e despertar a pesquisa científica.

Os educadores presentes lecionam desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. Para a secretária de Educação, Rita Carneiro Fleck, a pesquisa tem que ser uma ferramenta, que deve estar acontecendo na sala de aula em todas as etapas da educação básica. “A pesquisa é muito necessária, pois ela desperta a curiosidade, a vontade de aprender”, relata.

Depois de apresentada a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a pesquisa científica, os professores puderam participar de oficinas direcionadas. Desde 2016 educadores da rede Municipal têm recebido formações continuadas voltadas a iniciação científica dos alunos.

Deixe seu comentário