O processo seletivo inicia nesta terça-feira,17. Foto: arquivo jornal Ibiá

As inscrições para o processo de seleção das Escolas Sesi de Ensino Médio encerram dia 16 de novembro, presencialmente, ou pelo site www.sesirs.org.br. Para inscrição o candidato deverá ter concluído o Ensino Fundamental e ter nascido entre 01/01/2005 e 31/12/2007. Serão 100 vagas para o Ensino Médio. Sendo que 80 serão subsidiadas pela escola, 40 vagas são integrais, 20 vagas com 65,82% de desconto e 20 vagas com 31,64%de subsídio, distribuídas de acordo com a renda familiar. Para a comunidade serão 20 vagas. Para a categoria dependente de trabalhador da indústria (alunos com bolsa) serão preenchidas considerando alguns quesitos. São eles: ser dependente de trabalhador da indústria, ter renda familiar bruta per capta e aprovação e classificação no processo de seleção. Já para a categoria comunidade, será considerado apenas o quesito aprovação e classificação no processo de seleção.

O processo inicia em 17 de novembro, com avaliação socioemocional, de Matemática e de Língua Portuguesa. Para esta fase todos os concorrentes precisam portar carteira de identidade original, a produção textual e o boletim do oitavo ano. Estes devem se apresentar na escola com 15 minutos de antecedência do horário marcado. “Considerando meu projeto de vida para o Ensino Médio e para o futuro, por que desejo ingressar na Escola SESI?”, será o tema para a produção do texto, que deverá obedecer critérios. São eles: ser do tipo dissertativo-argumentativo, conter título, ter a extensão mínima de 15 linhas, excluído o título, e máxima de 30 linhas, ser escrito a mão e com caneta preta ou azul em letra legível e de tamanho regular, ser apresentado em folha pautada padrão ou de caderno e com boa apresentação visual, e conter cabeçalho com os dados de identificação do candidato. Os dados exegidos são nome completo, data de nascimento, RG ou CPF.

O responsável legal dos candidatos bolsistas deverão apresentar a documentação em até 72 horas após a inscrição. Comprovante de renda atualizado do candidato e de todos os membros de seu grupo familiar. Serão aceitos comprovantes tais como contra-cheque, ou carteira de trabalho ou pró-labore, imposto de renda, ou, ainda, declaração de próprio punho onde declara sua profissão e o rendimento médio mensal. Não havendo rendimentos, deverá emitir declaração de próprio punho, atestando esta informação. Outra comprovação exigida é de residência.

O comprovante de residência do candidato e de todos os membros de seu grupo familiar residentes na mesma moradia do chefe do grupo familiar. O titular da conta poderá atestar de próprio punho, a relação de moradores, caso não haja conta em seus nomes (menores de idade, por exemplo). É solicitado, ainda, comprovante de vínculo com a indústria. Cópia da carteira de trabalho profissional atualizada ou contracheque dos pais ou responsável legal, e cópia de sua certidão de nascimento ou carteira de identidade são as opções de comprovação.

Os candidatos aprovados nas fases 1 (avaliação socioemocional) e 2 (avaliação de matemática e língua portuguesa), deverão comparecer a videochamada pelo Google Meet no dia e horário definidos no cronograma divulgado no mural da escola e no site para a fase de entrevista, cuja duração será de até 30 minutos. Para os que pertencem ao grupo de risco da Covid-19 o processo seletivo será realizado a distância, com monitoramento virtual, desde que tenha declarado antecipadamente esta necessidade no ato da inscrição e feito a apresentação de atestado médico. O requerente não poderá ingressar na escola portando mochilas ou bolsas, apenas documentos e se desejar, garrafa de água. Este deverá verificar o horário da programação no site http://www.sesirs.org.br

Deixe seu comentário