Convênio entre o governo do Estado e a Fundação Liberato foi assinado ontem

Um convênio entre a Secretaria de Obras, Saneamento e Habitação (SOP) e a Fundação Liberato Salzano Vieira da Cunha, assinado nesta quinta-feira (23), vai atender demandas da instituição. São obras para o cercamento da fundação, a instalação de uma Estação de Tratamento de Esgoto e reformas de acessibilidade.

O diretor executivo da fundação, Leo Weber, destacou o caráter histórico da assinatura do convênio. “São obras que necessitamos há tempos e que garantirão conforto, acessibilidade e segurança aos nossos alunos, servidores e comunidade escolar. Além do aspecto estético, do embelezamento, queremos investir fortemente na inclusão”, afirmou.

Com sede em Novo Hamburgo, a Fundação Escola Técnica Liberato possui uma estrutura voltada à educação profissional de nível técnico com 3.504 alunos matriculados, provenientes de mais de 50 municípios do Rio Grande do Sul, sobretudo da Região Metropolitana.

Durante o dia, a fundação oferece cursos integrados com o Ensino Médio, nas áreas de Química, Mecânica, Eletrotécnica e Eletrônica. Os cursos de educação profissional noturnos são dirigidos a alunos que já possuem o Ensino Médio e que desejam obter formação técnica nas áreas de Segurança do Trabalho, Manutenção Automotiva, Design de Interiores e Informática para Internet

Deixe seu comentário