Foto: Arquivo Portal Jornal Ibiá

Em reunião virtual realizada na manhã desta sexta-feira, a Associação dos Municípios do Vale do Rio Caí (Amvarc), prefeitos e secretários da Saúde e da Educação debateram a retomada das aulas presenciais na região. A tendência, de acordo com o presidente da Amvarc, Carlos Alberto Fink, o Lico, é que as aulas dos ensinos Médio, Superior e Técnico retornem antes das séries iniciais.

“Por unanimidade, concordamos que as aulas das séries iniciais e as creches (EMEIs) não retornem primeiro. A proposta que vai ser levada à Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) é para que os alunos maiores voltem antes. Não debatemos sobre as datas neste encontro virtual, somente a ordem da retomada”, explicou o presidente da Amvarc.

Na última terça-feira, 11, o governo do Estado e a Famurs iniciaram o debate sobre o retorno das aulas presenciais no Rio Grande do Sul, em modelo híbrido. A sugestão inicial apresentada pelo Estado propõe o retorno, gradual e escalonado, a partir de 31 de agosto, para as redes pública e privada. Ele ocorreria somente nas regiões que estiverem em bandeira Amarela e Laranja no Modelo de Distanciamento Controlado. Veja abaixo o cronograma proposto de retorno às aulas:

31/8 – Ensino Infantil (público e privado)
14/9 – Ensino Superior (público e privado)
21/9 – Ensino Médio e Técnico (público e privado)
28/9 – Ensino Fundamental – anos finais (público e privado)
8/10 – Ensino Fundamental – anos iniciais (público e privado)

Deixe seu comentário