Os alunos Erick, Nicolas e Yasmin já venceram duas feiras científicas com o trabalho “Sempre fica um pouco de perfume”. FOTO: arquivo pessoal

“Saindo de Campo do Meio, interior de Montenegro, para ganhar o Brasil”. A frase da professora Aline Kerber Bruniczak, da EMEF Mafalda Padilha, resume o sucesso que o trabalho de três alunos da instituição vêm fazendo pelas feiras científicas por onde têm passado.

Com o trabalho “Sempre fica um pouco de perfume”, os alunos Erick Ost e Nicolas Schossler Gerhardt, do 4° ano, e Yasmin Gerhardt, do 5° ano, já foram vencedores de duas feiras científicas. Na Feira Municipal de Iniciação Científica (Femic), os pequenos ficaram em 1° lugar na Categoria 2. Já na Mostra do Clube do Rio de Janeiro os alunos levaram o 2° lugar na categoria Mostra Jr. I. E o sucesso do trabalho dos estudantes montenegrinos não para por aí. Até o final do ano eles irão participar de mais três feiras científicas: a Feceap, do Amapá; Expoceti, de Pernambuco e da Ficp, de Minas Gerais.

Segundo a professora Aline, Erick, Nicolas e Yasmin estão muito empolgados com a possibilidade de levar o seu trabalho para outros lugares do Brasil. “Eles estão conquistando um espaço maravilhoso, sem precedentes no município para uma escola do campo com moldes de multisseriação”, destaca Aline.

A professora afirma que a Internet tem sido uma grande aliada nesse processo, e que mesmo a participação sendo de forma virtual a experiência é muito enriquecedora. “Esse é um grande passo para uma visão sobre a educação em sua perspectiva mais atual, que prevê, nas competências gerais, o pensamento científico, crítico e criativo”, aponta Aline. (WM)

Deixe seu comentário