Cota única do tributo municipal vencerá no fim de abril com desconto de até 10%

PERCENTUAL leva em conta a variação do INPC

Está definido o percentual de reajuste do IPTU para o ano de 2021. Os carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano chegarão aos montenegrinos 5,09% mais caros. O percentual foi confirmado pelo secretário municipal da Fazenda, Antônio Filla, em entrevista à Rádio Ibiá Web. Tem por base a variação de dezembro de 2019 a novembro de 2020 do Índice Nacional de Preços ao Consumidor – o INPC, medido pelo IBGE para analisar a variação dos preços no mercado varejista e o aumento do custo de vida da população. Com a mesma base, o reajuste de 2020 tinha sido de 3,32%. O de 2019, 3,51%.

Ainda não há data para o envio dos bloquinhos de cobrança, que devem começar a ser entregues só em março. O IPTU, como nos anos anteriores, poderá ser pago em cota única até o fim de abril. Nesse caso, com desconto de 8% a 10% , variando se o contribuinte for adimplente ou inadimplente. Quem optar pelo parcelamento, pode pagar em oito vezes a partir de maio, mas sem descontos. Os vencimentos caem sempre no dia 10.

“Se a pessoa tem dinheiro na poupança, vale a pena pagar o IPTU na cota única porque, certamente, ela não vai conseguir, na aplicação financeira, um rendimento de 10% até o final do ano”, comenta Filla. “Então, é vantajoso para quem tiver a disponibilidade que faça a quitação assim.”

2021 será o quinto ano em que o IPTU, ao contrário de muitos municípios, será enviado mais próximo da data de vencimento e não logo em janeiro. A iniciativa visa incentivar, justamente, o pagamento da parcela única; visto que o prazo chega após já terem sido quitadas outras despesas fixas como as de IPVA e material escolar. No ano passado, em meio à pandemia, a cota única foi prorrogada; tendo sido pago, na modalidade, 47,6% do total previsto.

Junto do IPTU, também são cobradas taxas de serviços urbanos, como o da coleta de lixo e o de esgoto. Locais sem esses atendimentos não têm cobrança. O valor do tributo, por si só, leva em conta a área do terreno, a área construída e a idade da edificação.

Deixe seu comentário