O casal Raíssa Cardozo, 25, e Maurício de Oliveira, 26 já garantiram a chave do seu primeiro imóvel

Infraestrutura completa, comodidade e qualidade de vida. Tudo isso em um único empreendimento. O Residencial Parque Floresta realizou nesta segunda, 27, e terça-feira, 28, a entrega das chaves dos apartamentos vendidos. São 160 imóveis ao total, divididos em 10 torres, onde cada uma conta com 16 apartamentos de dois quartos, que variam de 52m² a 58m². Cerca de 80% já foram adquiridos, mas ainda há tempo de aproveitar a chance de ter o imóvel próprio.

Em uma área privilegiada, o Residencial fica localizado na Rua Juvenal Alves de Oliveira, nº 1435, no bairro Santa Rita, e tem como ponto forte a natureza ao seu redor e o entretenimento disponível no local. O condomínio dispõe aos moradores salão de festa e jogos; quiosques com churrasqueiras; campo de futebol telado e iluminado; piscina e playground.

Tudo isso chamou a atenção de Raíssa Cardozo, 25, e Maurício de Oliveira, 26. Noivos há oito anos, o casal teve em suas mãos finalmente a chave do seu imóvel próprio. Esse será o primeiro lar dos dois, que batalharam para ter o objetivo concluído. “A gente começou do zero, não teve alguém pra financiar isso pra nós, foi com os dois trabalhando em dois empregos que conseguimos”, diz a técnica em segurança do trabalho.

Questionados sobre receberem a chave do seu apartamento, o casal foi só sorrisos e agradecimentos. “É muita felicidade, porque estamos realizando o nosso sonho. Conquistamos com o nosso suor. Quando a gente comprou estava na planta ainda, e superou as expectativas, inclusive. A infraestrutura que aqui oferece agrega valor”, comenta Maurício.

Os dois resolveram dar esse passo a mais quando formalizaram o noivado, e segundo eles valeu muito a pena, pois além de tudo o valor foi acessível. “As parcelas da Caixa foram menores que a de um aluguel. O fato de ter playground; piscina; churrasqueira; campo de futebol; não tinha como não comprar”, conta Raíssa.

Além disso, um dos pontos positivos foi o atendimento da ALM Engenharia. Para o casal a equipe é qualificada e o produto mais que satisfatório.

Um empreendimento para todos
O Residencial Parque Floresta oferece só o melhor para os seus residentes. Nos apartamentos está inclusa uma ampla sala de estar com sacada envidraçada; cozinha e sala de jantar integradas; churrasqueira individual (para os apartamentos de 58m²); piso cerâmico; banheiro; área de serviço; esperas para split; quintal privativo (exclusivo para unidades específicas) e vaga de garagem exclusiva (com a possibilidade de adquirir uma vaga extra). Com início da construção em outubro de 2017, o empreendimento está sendo entregue seis meses antes do prazo.

A empresa administradora do empreendimento já foi definida e será a Novopolo, e uma síndica profissional também irá trabalhar no local. Feito por montenegrinos e para todos, o condomínio segue com características da sua construtora ALM Engenharia. “Isso é uma coisa muito boa e que a ALM prima é o emprego na veia da cidade. Muitos funcionários que levantaram tijolo por tijolo daqui são montenegrinos; muito material que compramos também foi de empresas daqui; isso é uma característica da empresa, fomentar a economia na cidade”, fala o supervisor administrativo Leandro Pitsch.

Leandro ressalta que aqueles que estiverem buscando um imóvel próprio devem aproveitar a oportunidade que a Caixa Econômica Federal está ofertando agora. Na compra das últimas unidades a primeira prestação do apartamento fica para 180 dias. Imóveis que prometem supervalorizar depois da compra, o Residencial Parque Floresta ainda conta com 20% de apartamentos livres para a compra e para isso basta entrar em contato com as imobiliárias parceiras da cidade

1 comentário

  1. Construção mal feita, paredes tortas, problemas com hidráulica e elétrica, os encanamentos que os fios passam atrapalham mais do que ajudam. Uma barulheira entre as paredes, dá pra saber todas as vezes que os vizinhos usam as torneiras pela barulheira dos encanamentos.
    As vagas marcadas são mal posicionadas, os vizinhos do bloco x estacionam ao redor do bloco y enquanto os vizinhos do bloco y precisam estacionar nos blocos x e z. Queria conhecer qual foi a criança que demarcou a posição das vagas.
    A Novo Polo não consegue gerenciar nem mesmo os boletos quem dirá gerenciar um condomínio com 160 apartamento… Só tristeza com a compra do apartamento.

    Muito fácil escrever matéria paga sem ao menos conhecer o empreendimento.

Deixe seu comentário