O ábaco é uma das principais ferramentas de estímulo cerebral usada no Supera

Dona Fátima Dalbosco, de 59 anos, sabe bem o que quer em 2022: “Quero ter saúde e voltar a ser como eu era, antes do AVC”. Assim como Fátima, toda a turma 60+ do Supera Ginástica para o Cérebro, foi estimulada a refletir sobre o que é necessário para “decolar” no ano que começou. Técnicas como essa compõem o método diferenciado de exercício da mente, trabalhadas na franquia Supera em Montenegro.
Depois de sofrer um Acidente Vascular Cerebral, Fátima passou a buscar ajuda para restabelecer sua saúde física e mental. No Supera, ela encontrou resultados surpreendentes.

Durante duas horas por semana, o grupo denominado 60+ ( o chamado grupo dos poderosos) se reúne para aprender a manter a saúde mental em dia. O Supera também conta com treinamentos para crianças, promovendo mais rendimento no desempenho escolar; para jovens, que buscam estar com a memória afiada ao encarar provas; e também para adultos, que precisam focar para melhorar a tomada de decisão em suas atividades e, até mesmo, na vida pessoal.

Adriane Colling Kinzel, franqueada do Supera, relata que os reflexos do trabalho também são notados na autoestima dos alunos. “Ficamos muito felizes em poder promover isso para eles”, comenta Adriane.
Em Montenegro, o Supera iniciou suas atividades em junho do ano passado, na rua Cap. Porfírio nº 1.479, no Centro. A franquia de ginástica para o cérebro trabalha raciocínio lógico, foco e atenção. Um dos principais instrumentos utilizados nas aulas é o ábaco, mas os docentes contam ainda com outras cinco “ferramentas”.

Dona Sirlei Neves Gonçalves, de 78 anos, ficou curiosa para saber o que a escola ensinava e logo descobriu. “Passei por aqui durante uma caminhada. Na segunda vez que passei, resolvi chegar para saber o que era. Me matriculei na hora e no dia seguinte já estava aqui. É muito bom, eu me sinto muito bem. Sair de casa e vir pra cá, é uma felicidade pra mim”, conta a animada senhora.

“A neurociência, a educação, a parte ética, tudo isso, a gente trabalha aqui no Supera. Cada um tem sua maneira de aprender. A gente faz com que todos tenham novidade e evolução”, conclui Adrine. Quem quiser saber mais sobre o método Supera pode entrar em contato através do telefone 51 9 96895085 ou acessando o QR Code ao lado.

Deixe seu comentário