Luis Morales: médico especialista em cirurgia da mão e microcirurgia. Foto: Divulgação

A mão é um órgão vital e com funções complexas no corpo humano. Com os avanços tecnológicos, farmacológicos e de técnicas cirúrgicas, a cirurgia da mão apresentou inovações que se aplicam em diversas situações, desde traumas leves até os graves. Isso significa que, se a sua mão tem alguma deformidade, uma cirurgia pode melhorar a sua condição.

A cirurgia de mão é um procedimento especializado que pode tratar doenças que causam dor e prejudicam a força, a função e a flexibilidade do punho e dos dedos. A cirurgia visa restaurar, o mais próximo da normalidade, a função dos dedos e de mãos feridas por trauma ou corrigir anomalias presentes no momento do nascimento.
No passado, quando ocorria uma lesão na mão, o paciente era tratado por vários especialistas ao mesmo tempo (cirurgião plástico, cirurgião vascular, ortopedista, neurocirurgião). Na maioria das vezes, os resultados eram insatisfatórios porque cada especialista cuidava somente da sua área. Então se viu que havia necessidade de um único profissional tratar tudo relacionado às mãos, a fim de resolver o problema o mais rápido possível. Surgiu assim a especialidade do cirurgião de mão.

foto: pixabay

De acordo com o médico Luis Morales, que atende no Hospital Unimed Vale do Caí, a cirurgia da mão abrange doenças crônicas como neuropatias compressivas (túnel do carpo, tendinites estenosantes e lesões tendinosas crônicas, artroses, deformidades, patologias congênitas), bem como lesões agudas traumáticas de membro superior (fraturas, lesões cortantes que incluam artérias, nervos, tendão, músculos, e também amputações parciais e totais), microcirurgia e reimplantes.

Morales é formado em Medicina desde 2005, com especialização em Ortopedia e Traumatologia, concluída em 2016 na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. O profissional também é cirurgião da mão, formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul em 2019. Luis Morales trabalhou no Hospital de Montenegro como clínico geral de 2015 a 2017, quando se transferiu para o Hospital Unimed Vale do Caí para atuar como clínico e ortopedista, onde atende até os dias atuais nas áreas de traumatologia e cirurgia da mão.

Na área de cirurgia de mão, Morales é o médico responsável por reparar e reconstruir deformidades nas mãos, punhos e cotovelos, bem como atuar no tratamento de doenças degenerativas e deformidades já apresentadas na ocasião do nascimento. A especialização profissional também o habilita a realizar reimplantes de segmentos amputados. O profissional pretende expandir sua área de atuação em breve para a rede pública.

Cuidado especial com crianças
De acordo com uma pesquisa divulgada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão, cerca de 30% dos atendimentos em prontos-socorros brasileiros envolvem as mãos. Ainda de acordo com o mesmo estudo, metade dos acidentes nas mãos ocorre dentro de casa e as crianças são as principais vítimas. Os acidentes mais comuns são causados por portas e janelas que esmagam as mãos e dedos, por objetos cortantes ou ainda queimaduras.

Deixe seu comentário