João Batista, o “Tita”, comemora o reconhecimento recebido pela empresa. FOTO: ARQUIVO JORNAL IBIÁ

Empresa montenegrina é uma das vencedoras do Prêmio Top of Quality Gold Internacional

Prestes a completar 18 anos de atuação, a montenegrina Montepel Assessoria Ambiental está entre as empresas listadas que receberão o Prêmio Top of Quality Gold Internacional. O reconhecimento é concedido pelo Instituto Nacional de Excelência de Gestão de Qualidade Total Quality e destaca empreendimentos por sua qualidade de gestão e contribuição para o desenvolvimento sócio-econômico dos locais onde estão inseridos. Nomes como Embraer, Magazine Luiza, Nestlé e Outback já receberam a mesma premiação.

“Isso nos deixa muito orgulhosos”, destaca o diretor da empresa, João Batista Dias. “É a valorização de tudo que a empresa fez nos últimos anos. Tanto eu, como meu pai; da colaboração dos funcionários; do nosso relacionamento com clientes e fornecedores. Pra nós, é muito satisfatório”.

Prêmio vai ser entregue em julho deste ano. Ele já foi recebido por grandes empresas como Embraer, Magazine Luiza, Nestlé e Outback. FOTO: DIVULGAÇÃO

“Tita”, como Dias é conhecido na comunidade, conta que a Montepel foi indicada ao prêmio por um cliente, que é de São Paulo. De lá pra cá, foram solicitados formulários e documentos comprobatórios de todos os processos gerenciais da empresa e dos programas realizados. Tudo foi avaliado.

“Também foi muito em função dos trabalhos que a gente faz fora”, relata o diretor. “A gente tem, por exemplo, uma parceria com o Instituto Akatu, de São Paulo, onde implantamos programas de educação ambiental nas escolas no ano passado. Tem a própria questão de nós sermos o operador do EcoPila e de estarmos levando isso para outros lugares”.

A Montepel foi aberta em 2002 e oferece a destinação correta a diferentes tipos de resíduos recicláveis. Em média, são 60 toneladas de resíduos reciclados todo o mês, vindos de Montenegro e municípios da região. A cerimônia de entrega do prêmio ocorre em São Paulo, no mês de julho, e empresário irá até lá buscar o reconhecimento.

“Ser reconhecido também é importante para que a gente se reinvente”, salienta Tita. “Ser valorizado é um momento importante, mas também é uma forma de pensar em fazer mais. O empresário não pode, em momento algum, ficar parado. Eu tenho que fazer mais, continuar crescendo e continuar me desenvolvendo.”

Deixe seu comentário