COM a sócia Josiane, o empreendedor Gabriel Bortolotti apostou no inovador empreendimento

Oportunidade. Recém inaugurada, empresa montenegrina é a única da região a oferecer curso específico no segmento

Montenegro agora tem uma escola exclusiva para barbeiros. A Imperial foi inaugurada na rua Santos Dumont, a partir da ideia da dupla Josiane Ferreira, 39 anos, e Gabriel Bortolotti, 27. Ela, instrutora há três anos na área e com mais de 30 cursos de capacitação feitos. Ele, com experiência em vendas e forte perfil empreendedor. Eles contam que há apenas três meses pensaram na ideia e, agora, já estão abertos e buscando alunos.

Apesar de qualquer um poder fazer o curso – mesmo que apenas para saber fazer a própria barba e o cabelo – o objetivo da loja é formar novos profissionais para o mercado de trabalho, abrindo portas. “Barbearia é um negócio que não tem um investimento muito alto, mas que tem retorno instantâneo”, indica Josiane, que, ao lado de outro professor, vai conduzir as capacitações.

De acordo com o Euromonitor International – entidade de estratégia de mercado que acompanha diferentes países – o segmento de barbearias cresceu 94,4% entre 2011 e 2016 no Brasil. A ideia da Imperial é que seus alunos já saiam aptos para trabalhar em qualquer estabelecimento deste mercado em expansão. Caso eles queiram abrir negócio próprio, eles já recebem todas as instruções para a viabilidade da empresa e são até visitados para receber dicas de como montar o espaço.

A Imperial fica na Rua Santos Dumont, 1516, no centro da cidade

As turmas são fechadas com grupos de oito a dezesseis alunos. Os cursos têm carga horária de 90 horas, podendo ser realizados duas vezes por semana, com quatro horas em cada encontro e conclusão em dois meses e meio. Ou aos sábados, aí com cinco meses de formação. Os empresários prometem ensinar de tudo, desde o manuseio dos equipamentos até os diferentes tipos de corte: dos básicos aos mais modernos, como o undercut e o degradê.

Gabriel destaca que um dos diferenciais da escola é que todos os materiais de aula são oferecidos pela empresa. O aluno não precisa levar nada e pode trabalhar com equipamentos de alta qualidade, assim como os demais colegas. “O que vai diferenciar mesmo é o desempenho e a dedicação dele. Todos estarão com o mesmo material”, coloca.

O curso também promete dar noções sobre quais cortes são mais adequadas para cada tipo de rosto e até para a rotina diária de um possível cliente. Nos encontros, os alunos matriculados são estimulados a convidar amigos e conhecidos para serem seus “modelos” no corte, já incentivando a criação de uma futura clientela.

A Imperial é a única empresa da região a capacitar somente para o ramo de barbearias. Com estilo parecido, os empreendedores indicam, a mais próxima só existe no município de Sapucaia do Sul, onde ambos foram conhecer a proposta enquanto concebiam o novo negócio.
Buscando formar barbeiros com “amor pela profissão” – como define Josiane – a dupla já almeja expandir a empresa para outros municípios e até fora do estado.

Deixe seu comentário