Problemas cadastrais são resolvidos direto no aplicativo CRÉDITO – FOTO: AGÊNCIA BRASIL

Com denúncias, suspeitas de fraudes e até uma ação de hackers, a Caixa Econômica Federal atendeu pedido do Ministério da Cidadania e bloqueou 1,3 milhões de contas poupanças digitais do Caixa Tem criadas para o recebimento do auxílio emergencial de R$ 600,00. De todo o país, são as que chamaram a atenção por suspeita de fraudes ou por dados inconsistentes. Elas foram separados, agora, em dois grupos para solicitar a liberação.

Quem está envolvido com suspeitas de fraude será convocado a comparecer em uma agência. Esses receberam ou estão para receber uma mensagem direto no Caixa Tem já com um calendário para comparecimento e verificação de sua situação com os devidos esclarecimentos prestados.

Uma outra metade dos que tiveram a conta bloqueada, aí por problemas de cadastro, já recebe contato diferente. A mensagem no aplicativo vem com um link para que os dados corretos sejam complementados diretamente pelo Caixa Tem. Então, após nova análise, a liberação tende a voltar a ser feita.

Deixe seu comentário