Graças à economia, último botijão de gás da família completa um mês de uso.

Saiba como fazer seu botijão durar mais tempo com dicas simples

Somente no primeiro semestre deste ano, o preço médio do botijão de gás de 13 quilos avançou 13,75%, levando o brasileiro a usar lenha para cozinhar, ou então, maneirar na hora do gasto. Este é um problema que afeta todas as famílias, independentemente da camada social. Repensar algumas práticas na cozinha faz toda a diferença para economizar. Em Montenegro, Márcia Elena Vogel, 56, já abandonou o fogão a gás e é refém do fogão a lenha. Já Jandira Andriguetti Gonçalves, 70, conta que apesar de utilizar o fogão a lenha na maioria do tempo, não deixou seu fogão a gás para trás. Mas, nem por isso, esbanja na hora de utilizá-lo. “Eu não uso para muita coisa não, mas, às vezes, quando é algo de urgência, não tem escapatória. Tem que usar”, afirma. Ela explica que está acostumada com o uso do fogão a lenha por morar há muitos anos no interior. “Meu companheiro pega lenha, então fica mais fácil. Isso pra mim, de usar [o gás] só quando muito necessário, é uma economia monstra”, ressalta.

Cozinhar alimentos possíveis na panela de pressão é uma das alternativas para diminuir o tempo de preparo

Dona Jandira destaca algumas dicas para evitar gastos desnecessários. A primeira delas é o uso da chaleira. “Quando for esquentar água, coloca a quantidade necessária. Se não precisa de tanta água, não precisa encher, que assim vai mais rápido, né?”. Outra dica de ouro é a utilização de uma chaleira/jarra elétrica, que dispensa o uso do gás. Jandira também tem bastante cuidado na hora da preparação do alimento quando vai cozinhar. Por isso, sempre que possível, utiliza a panela de pressão. “Cozinha muito mais rápido, evitando gastos”, destaca. Mas, quando não tem como a utilizar, a dona de casa relembra: “panelas sempre bem fechadas, pois isso também acelera o processo de cozimento”.

Panelas bem fechadas são regra na casa da família Gabbe na hora de cozinhar

Outras dicas
– Evite abrir o forno após colocar o alimento em preparação, pois isso faz com que libere mais gás pelos ares
– Cozinhe a vapor. Quando estiver cozinhando algo, coloque uma escorredeira acima com legumes, por exemplo. Assim, utiliza o mesmo tanto de gás, mas uma maior quantidade de alimentos.
– Corte os alimentos em pequenos pedaços, quanto menor o tamanho, menos tempo para cozimento.

“Se sobrou comida do outro dia, por que eu vou fazer nova?”
Hilária Márcia Gabbe, sua filha Karen de Abreu Gabbe e o marido Ubirá Roberto de Abreu Gabbe (Bira), moram juntos em Montenegro e seguem à risca alguns hábitos para reduzir o uso do gás. Sem fogão a lenha, a família tem uma única opção: economizar. O último gás comprado na casa já está em uso há cerca de um mês. Quanto ao valor pago, R$ 92, agora já teve aumento.

Família Gabbe não economiza apenas no gás, e sim em tudo que puder na casa. Essa é uma tática para superar esse momento de alta geral dos preços

Hilária conta que em sua casa, o fogão a gás só é utilizado ao meio dia e que as sobras são muito bem utilizadas. “Se sobrou comida, como arroz, do outro dia, e só almoçamos eu e o meu marido, para que eu vou fazer comida nova? A gente utiliza o microondas e pronto. Em alguns segundinhos tá quente. E se eu for pro gás, quanto eu vou gastar?”, indaga. Karen afirma que ter controle dos gastos é boa alternativa para economizar. “Ter um [botijão] de reserva pode ser bom. Aproveitar quando baixa o valor para ter mais de um, porque quando o valor fica lá em cima, não tem condições”, opina.

Bira também gosta das panelas e relembra que sempre cozinha com as tampas bem fechadas. Segundo ele, essa dica funciona mesmo. “Fechando, até o gosto fica melhor”, salienta. Além disso, para fazer sua parte, Bira conta que o fogo baixo, que muitos afirmam que economiza gás, parece fazer sentido. “Eu, quando começo a cozinhar coloco no fogo alto para acelerar o processo, depois já vou abaixando”.

Para quem não tem fogão a lenha, utilizar jarra elétrica ao invés de chaleiras cheias sob o fogão a gás pode ser uma boa opção

Deixe seu comentário