Reajustes são acionados quando há redução na oferta de energia CRÉDITO - FOTO: ARQUIVO/JORNAL IBIÁ

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou nota anunciando mudanças nos valores de reajuste das contas de luz, para quando são acionadas as conhecidas bandeiras tarifárias. A cobrança adicional da bandeira vermelha de nível 2 vai pular dos R$ 5,00 a cada 100 kwh para R$ 6,00 a cada 100. A vermelha de nível 1 vai para os R$ 4,00; e a bandeira amarela passa a ser de R$ 1,50.

“A alteração foi especialmente motivada pelo déficit hídrico do ano passado, que reposicionou a escala de valores das bandeiras”, explicou a entidade. O acionamento das bandeiras se dá, justamente, quando as condições de geração de energia diminuem a oferta, resultando na cobrança adicional. Para o mês de maio, a Aneel instituiu a bandeira amarela para cobrança.

Deixe seu comentário