Todos os jogos tiveram reajuste autorizado. A Mega, por exemplo, vai para R$ 4,50. FOTO: reprodução/internet

O Ministério da Economia autorizou a Caixa a reajustar, a partir de 1º de janeiro, os preços das apostas nas loterias. A tradicional Mega-Sena, cuja aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50, passará para R$ 4,50, impacto que deve ser sentido no bolso dos apostadores mais assíduos.

Há altas previstas em todas as modalidades. A Dupla-Sena e a Lotofácil, com a aposta simples, passam a custar R$ 2,50. A aposta única da Lotomania, também, R$ 2,50. E a Quina, com aposta simples, passa a custar R$ 2,00. A Loteca deve a custar R$ 1,50 na aposta simples, passando, em consequência, a aposta múltipla mínima obrigatória para R$ 3,00. A Lotogol, na aposta simples ou mínima, fica por R$ 1,50; e a Timemania, R$ 3,00.
Conforme a portaria 8.061, que autorizou o reajuste no Diário Oficial da União, os novos preços somente poderão ser aplicados após divulgação ostensiva nos veículos de comunicação e também pela internet, com antecedência mínima de três dias úteis da data de início da cobrança.

Compartilhar

Deixe seu comentário